Marcelo Oliveira não resiste a derrota para o Nacional e é demitido do Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 10/03/2016 01h13
Como a partida contra o Rosario Central é na quinta-feira

A passagem de Marcelo Oliveira pelo Palmeiras chegou ao fim na madrugada de quarta-feira para esta quinta (10). Depois da derrota para o Nacional, do Uruguai, a diretoria resolveu demitir o treinador.

Curiosamente, o técnico não comando a equipe no banco de reservas no jogo da Libertadores. Expulso durante o duelo contra o Rosario Central, ele foi substituído pelo auxiliar Tico dos Santos diante do Nacional.

Bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014, Marcelo Oliveira chegou ao Verdão no meio de 2015 para substituir Oswaldo de Oliveira. Depois de um bom começo, o time caiu de produção sob seu comando, mas ainda assim conquistou a Copa do Brasil.

O título, conquistado sobre o Santos, nos pênaltis, aliviou a pressão sobre o treinador, mas o futebol apresentado pelo alviverde não vinha agradando desde a temporada passada. Em 2016, mesmo com reforços como Jean e Edu Dracena, a situação não melhorou.

Agora, o Palmeiras será comandado interinamente por Alberto Valentim, auxiliar permanente no clube e que já desempenhou a função de técnico em 2015, antes da chegada do próprio Marcelo Oliveira.