Marinho Chagas, ex-lateral da Seleção Brasileira, morre aos 62 anos

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2014 09h49
Marinho Chagas morre aos 62 anos

O lateral Marinho Chagas, um dos grandes nomes do Brasil na Copa do Mundo de 1974 faleceu, aos 62 anos, na madrugada deste domingo (01), em João Pessoa. Com passagens por Botafogo, Fluminense e São Paulo, o ex-jogador enfrentava problemas com álcool desde que largou o futebol. Neste sábado (31), Chagas participava de um evento promocional da Copa do Mundo 2014 quando passou mal e foi internado. Horas depois, já no hospital, não resistiu a uma hemorragia interna.

Nascido em Natal no ano de 1952, Marinho Chagas iniciou sua carreira no ABC, onde foi campeão potiguar em 1970. Apesar de ser ídolo em terras nordestinas, o ex-lateral da Seleção Brasileira brilhou mesmo no Rio de Janeiro vestindo a camisa do Botafogo e sendo titular entre 1972 e 1977.

Com a Seleção Brasileira, foi titular na Copa do Mundo de 1974 da Alemanha, em que o Brasil perdeu para a Holanda nas semifinais e acabou sendo superado pela Polônia na decisão do terceiro lugar. Mesmo com o quarto lugar, Marinho Chagas foi eleito o melhor lateral-esquerdo do torneio.

Depois de deixar o Botafogo em 1977, Chagas teve passsagem curta pelo Fluminense. Posteriormente, atuou ao lado de lendas do futebol mundial como Pelé e Carlos Alberto Torres no Cosmos, clube norte-americano. No retorno ao Brasil, o lateral atuou pelo São Paulo, ganhou destaque e conquistou o título do Campeonato Paulista de 1981. Antes de abandonar os gramados, vestiu camisas como Fortaleza e Bangu.