Mário Gobbi publica carta de despedida da presidência do Corinthians

  • Por Agência Estado
  • 06/02/2015 16h17
Mário Gobbi 191010

Um dia antes das eleições presidenciais no Corinthians, a serem realizadas no Parque São Jorge neste sábado, o atual presidente, Mário Gobbi, publicou uma carta de despedida no site oficial do clube. No comunicado, ele agradece aos sete anos na cúpula corintiana – quatro à frente do Departamento de Futebol e três na presidência -, valoriza conquistas e também admite erros na gestão.

Na carta, Mário Gobbi se diz orgulhoso de ter feito parte do processo de reformulação pelo qual o clube passou nos últimos anos, com a conquista de títulos e outros feitos importantes. Porém, o dirigente reconhece que sua gestão no Departamento de Futebol e na presidência “não foram perfeitas”.

Mário Gobbi também valoriza e enumera os títulos que o Corinthians conquistou sob seu comando: Copa São Paulo de Futebol Júnior (2015), Campeonato Paulista (2009 e 2013), Copa do Brasil (2009), Campeonato Brasileiro (2011), Recopa Sul-Americana (2013), Copa Libertadores da América (2012) e Mundial de Clubes da FIFA (2012).

Além disso, ele exalta as conquistas em outras modalidades e a nova estrutura do clube, que agora conta com um CT de alto padrão e uma nova arena. Gobbi também se diz orgulhoso de ter feito parte do “capítulo histórico” que foi a contratação de Ronaldo Fenômeno, em 2009.

“Como já citei, além de muitas vitórias, cometi erros”, afirma o dirigente. “Mas chego ao fim do meu mandato com a certeza também de que o saldo de acertos foi maior e que dei o meu melhor, dentro de todas as circunstâncias, para um dos grandes amores da minha vida que é o Sport Club Corinthians Paulista.”

Mário Gobbi, que assumiu a presidência do Corinthians em 2012, encerra a carta agradecendo à torcida e afirma que voltará a frequentar a arquibancada “como sócio e torcedor”, além de desejar “o melhor mandato possível” ao próximo presidente. Neste sábado, Roberto de Andrade e Antônio Roque Citadini concorrem ao cargo máximo da instituição.

Leia a carta de Mário Gobbi na íntegra:

“Corinthianas e corinthianos,

Meu ciclo como dirigente do Sport Club Corinthians Paulista chega ao fim. E gostaria de agradecer cada um dos mais de 30 milhões de torcedores espalhados pelo mundo, dos sócios, dos conselheiros, dos diretores e dos funcionários que me acompanharam nesta caminhada. Sem este apoio e a torcida, que é o patrimônio mais valioso do clube, não teria sido possível trabalhar e aprender tudo o que aprendi em sete anos – quatro à frente do Departamento de Futebol e outros três na presidência –, além de conquistar tantos resultados positivos.

As minhas gestões à frente do Departamento de Futebol e da Presidência não foram perfeitas, cometi erros, mas me sinto orgulhoso por ter feito parte importante de um processo de reformulação que resultou em uma série de conquistas inédita na história do futebol do Corinthians: Copa São Paulo de Futebol Júnior (2015), Campeonato Paulista (2009 e 2013), Copa do Brasil (2009), Campeonato Brasileiro (2011), Recopa Sul-Americana (2013), Copa Libertadores da América (2012) e Mundial de Clubes da FIFA (2012).

Me sinto igualmente orgulhoso por ter feito parte de outros capítulos históricos, como a contratação de Ronaldo “Fenômeno”, a construção do CT Dr. Joaquim Grava e a inauguração da Arena Corinthians, que sediou a Copa do Mundo FIFA e tornou realidade um sonho antigo da Fiel.

Fora do futebol, o Sport Club Corinthians Paulista também obteve conquistas históricas neste período. Fomos campeões em algumas das principais competições nacionais e internacionais da natação – incluindo uma também inédita medalha olímpica –, do MMA, do skate vertical, do futebol americano, do surfe, do futebol de areia, entre outros.

Os associados do clube também ganharam uma sede completamente reformulada. Nos últimos três anos, o Parque São Jorge passou por uma série de melhorias e apresentou muitas novidades aos sócios. Com toda a certeza, hoje podemos afirmar que o Corinthians é um dos melhores clubes sociais de todo o país.

Como já citei, além de muitas vitórias, cometi erros. Mas chego ao fim do meu mandato com a certeza também de que o saldo de acertos foi maior e que dei o meu melhor, dentro de todas as circunstâncias, para um dos grandes amores da minha vida que é o Sport Club Corinthians Paulista.

No dia 07 de fevereiro, passarei o comando do Corinthians a um dos dois candidatos e voltarei a ter o prazer de frequentar o clube social e a arquibancada como sócio e torcedor. Desses dois lugares, vou torcer para que Roberto de Andrade ou Antônio Roque Citadini, que disputam as eleições, façam o melhor mandato possível.

Foi uma honra ser presidente do Sport Club Corinthians Paulista.

Obrigado por tudo,

Mário Gobbi Filho
Presidente do Sport Club Corinthians Paulista”