Martino convoca Argentina para jogos nos EUA e traz Lavezzi e Garay de volta

  • Por Agência EFE
  • 10/03/2015 15h31

Técnico manteve Carlos Tévez fora da lista de convocados

Martino mantém promessa em primeira convocação no comando da Argentina

O técnico Gerardo Martino anunciou nesta terça-feira a convocação de 22 jogadores para amistosos da seleção argentina contra El Salvador e Equador, nos Estados Unidos, em que os destaques são as presenças do atacante Ezequiel Lavezzi, do Paris Saint-Germain, e Ezequiel Garay, do Zenit São Petersburgo.

Os jogos acontecerão nos dias 28 contra os salvadorenhos, em Washington, e 31 contra os equatorianos, em Nova Jersey. Entre os relacionados estão “figurinhas carimbadas” como Lionel Messi e Javier Mascherano, ambos do Barcelona, Ángel Di María, do Manchester United, Sergio Romero, da Sampdoria.

Carlos Tévez, atacante da Juventus, que não era utilizado por Alejandro Sabella, mais uma vez teve espaço com Martino. Lavezzi e Garay, por outro lado, foram chamados pelo sucessor do comandante do vice-campeão mundial pela primeira vez desde a Copa do Mundo.

O novato desta relação divulgada hoje é o goleiro Gerónimo Rulli, titular da Real Sociedad, que nunca vestiu a camisa da seleção argentina.

Nos próximos dias, deverá acontecer um complemento da convocação, com atletas que atuam no futebol argentino.

Confira a convocação da Argentina para os amistosos com El Salvador e Equador:

Goleiros: Nahuel Guzmán (Tigres-MEX), Sergio Romero (Sampdoria-ITA) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad-ESP)

Defensores: Ezequiel Garay (Zenit São Petersburgo-RUS), Pablo Zabaleta (Manchester City-ING), Marcos Rojo (Manchester United-ING), Facundo Roncaglia (Genoa-ITA), Mateo Musacchio (Villarreal-ESP), Lucas Orban e Nicolás Otamendi (Valencia-ESP)

Meias: Javier Pastore (Paris Saint-Germain-FRA), Ángel Di María (Manchester United-ING), Lucas Biglia (Lazio-ITA), Roberto Pereyra (Juventus-ITA), Ever Banega (Sevilla-ESP), Enzo Pérez (Valencia-ESP) e Javier Mascherano (Barcelona-ESP)

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona-ESP), Ezequiel Lavezzi (Paris Saint-Germain-FRA), Sergio Agüero (Manchester City-ING), Gonzalo Higuaín (Napoli-ITA) e Carlos Tévez (Juventus-ITA)