Massa afirma que era a hora de Alonso deixar a Ferrari

  • Por Agência EFE
  • 21/12/2014 15h06
Felipe Massa

Fernando Alonso é o melhor piloto na atual Fórmula 1, pode ter sido prejudicado por não receber um bom carro da Ferrari nos últimos anos, mas também pouco ajudou a desenvolvê-lo durante sua passagem pela escuderia italiana.

As opiniões são de quem tem conhecimento de causa. Ex-companheiro do espanhol no time de Maranello, Felipe Massa, hoje na Williams, afirmou neste domingo em entrevista à revista “Autosport” que a era a hora de Alonso mudar de ares.

“Todo mundo sabia que ele (Alonso) ia sair, então não foi nenhuma surpresa. Talvez tenhamos visto que a Ferrari não o deu o melhor carro, que ele esperava, mas talvez ele também não tenha ajudado a Ferrari a crescer. Então agora talvez seja a hora dele mudar”, destacou.

Massa correu ao lado de Alonso entre 2010 e 2013, antes de deixar a equipe para a chegada do finlandês Kimi Raikkonen. Agora é Alonso quem sai com destino à McLaren, dando lugar para o alemão Sebastian Vettel.

“Não sei se vai ser melhor ou pior para a Ferrari ficar sem ele. Fernando é provavelmente o melhor piloto do grid, então não sabemos se para a Ferrari será bom dar um passo adiante. Temos que esperar e ver, mas desejo o melhor para a Ferrari, em qualquer caso”, disse o piloto brasileiro.

O diretor técnico da Williams, Pat Symonds, que trabalhou com Alonso na Renault, equipe onde o espanhol venceu seus dois títulos mundiais, compartilha da opinião de Massa.

“Obviamente ele não estava à vontade na Ferrari e se você não é feliz em um lugar é melhor sair. (Desde que deixou a Renault) parece que esteve no lugar inadequado no pior momento, o que é uma pena porque ele é incrivelmente rápido”, disse Symonds.

Massa também aproveitou para fazer elogios ao atual companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas, dizendo que ele tem certas vantagens em relação a Alonso, principalmente no estilo de pilotar.

“Nossos estilos de pilotagem não são muito diferentes. Em muitas corridas temos configurações de carros muito parecidas e podemos aproveitar as experiências do outro”, explicou o brasileiro.

“Fernando é muito agressivo com a frente do carro. Por isso utiliza os pneus dianteiros como nenhum outro piloto da Fórmula 1”, afirmou Massa.