McGregor conta que ofereceu “segunda chance” depois de nocautear José Aldo

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2015 13h31
Campeão interino dos pesos-penas do UFC

O irlandês Conor McGregor falou e provocou muito antes da luta contra José Aldo, no UFC 194, pelo cinturão dos pesos-pena na madrugada do sábado para este domingo (13). E falou mais depois de nocautear o brasileiro, conforme revelou em entrevista coletiva após o duelo.

“Houve muita coisa dita antes da luta. O que disse para ele (após a luta) foi: ‘olhe, podemos lutar de novo’. Apesar de ter sido bom conseguir um nocaute, você não gosta de ver o único campeão da companhia cair assim. Eu apreciei ele ter vindo até aqui”, disse McGregor.

Apesar disso, o irlandês não perdeu a chance de provocar Aldo mais uma vez. “Eles provavelmente ainda estão ressentidos. Mas, como disse, vencedores focam em vencer; perdedores focam nos vencedores. É isso que o time dele faz, tem focado em mim”, afirmou.

Depois de derrotar José Aldo, invicto há dez anos e considerado por muitos o melhor lutador do UFC, McGregor quer mais. “Eu estou trazendo para o UFC os números que aqueles velhos filhos da p… de 40 anos trouxeram. Eu só estou esquentando. Com 27 anos, sou o campeão unificado, tenho recordes seguidos de bilheteria. Dave Sholler disse que podemos bater o recorde de PPV de todos os tempos. Me diga que outro campeão é assim? Diga-me quantos campeões querem mudar de categoria. Eu estou subindo”, anunciou.