McGregor diz: “darei a ele 4 minutos”; Mendes vê irlandês ‘chorando pela mãe’

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2015 16h28

O americano Chad Mendes e o irlandês Conor McGregor disputam cinturão da categoria peso pena

Chad Mendes e Conor McGregor se enfrentam no UFC 189

Na última terça-feira (30), foi confirmado que José Aldo não conseguirá participar do UFC 189, evento no qual enfrentaria Conor McGregor, e assim a disputa pelo cinturão da categoria peso pena será entre o irlandês e Chad Mendes. E assim como fez com o brasileiro, McGregor já começou a disparar sua ‘metralhadora verbal’ contra o norte-americana.

Nesta quarta, em entrevista à ESPN dos Estados Unidos, Conor McGregor afirmou que vai liquidar o oponente em pouco tempo e vai ficar com o cinturão interino da categoria.

“Eu darei a Mendes… vejamos… eles dois são iguais, então darei a ele quatro minutos também. Os golpes que eu visualizava aplicar em José Aldo, eu visualizo aplicando em Mendes. O resultado será o mesmo. Aos quatro minutos do primeiro round, Chad Mendes estará inconsciente”, falou o irlandês. “Tenho confiança em mim contra qualquer lutador da categoria porque sei que sou o número 1. Por isso não me importo com uma mudança de adversário. Nas minhas lutas, os rivais são só ilusões. Eu luto contra mim mesmo, por isso não me interessa quem estará do outro lado do octógono. Vou pressionar quem quer que seja e sairei vencedor”, completou McGregor.

Chad Mendes não deixou barato as provocações e mostrou que também sabe esquentar a luta. Falando na Fox Sports americana, o novo desafiante de McGregor rebateu.

“Eu me vejo derrotando esse cara de três maneiras: o socarei e o deixarei inconsciente, o derrubarei e o finalizarei ou ficarei em suas costas por cinco rounds, fazendo-o chorar por sua mãe. Sou bom nessas três coisas”, falou.

“Eu garanto isso (que será um adversário mais difícil para Conor). Todos sabemos que Aldo é um superatleta, muito perigoso em pé, mas esse é o tipo de lutador que Conor luta melhor. Não vimos ele contra muitos atletas de wrestling, explosivos, que vão para cima e encurtam a distância. As lutas que o vi perdendo, os caras estavam dispostos a colocá-lo para baixo”, afirmou o americano. “Exatamente aí eu vejo um buraco enorme. Penso que com meu estilo, meu wrestling, minha capacidade atlética, minha velocidade , minha habilidade de nocautear e o poder das minhas mãos será uma m… de luta para ele”, finalizou Mendes.