McLaren lamenta pouca rodagem, mas diz que problemas foram pequenos

  • Por Agência EFE
  • 04/02/2015 18h52

McLaren lamentou pouca rodagem nos testes em Jerez EFE McLaren durantes testes em Jerez

O diretor de engenharia da McLaren, Matt Morris, lamentou os problemas enfrentados pela escuderia na primeira semana de testes de pré-temporada da Fórmula 1, em Jerez de la Frontera, embora tenha os minimizado.

“Infelizmente, tivemos alguns problemas nesta semana, cada um deles bastante pequeno, mas cumulativamente eles significaram um tempo maior preso nos boxes. Ainda assim, o nosso principal objetivo nestes testes foi verificar que a arquitetura principal do carro funcionou, e fizemos isso”, comentou Morris.

“Um dos grandes benefícios que tivemos na concepção deste carro é a quantidade de trabalho que temos conseguido realizar em estreita colaboração com a Honda”, acrescentou.

Em quatro dias de treinos, a McLaren deu apenas 81 voltas, e seus pilotos ficaram em último lugar em todos os dias – o espanhol Fernando Alonso no domingo e na terça-feira e o britânico Jenson Button na segunda e nesta quarta. O diretor também destacou que a equipe conseguiu aproveitar os últimos dias mesmo permanecendo na pista menos que os concorrentes.

“Embora não tenhamos completado a quilometragem esperávamos no começo da semana, deixamos Jerez com um número considerável de informações úteis e estamos satisfeitos que o MP4-30 está funcionando como esperávamos”, disse.