Medina, Mineirinho e Ítalo avançam na terceira etapa do Mundial

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2016 08h12
Com surfe agressivo

O Brasil começou bem a terceira etapa do Mundial de Surfe, em Margaret River, na Austrália. Em busca da primeira vitória do país no ano, ítalo Ferreira, Gabriel Medina e Adriano de Souza venceram suas baterias no primeiro round e garantiram classificação direta para a terceira fase da disputa.

Primeiro brasileiro a entrar na água nesta sexta-feira (8), Ítalo Ferreira sofreu para vencer Kanoa Igarashi e Jack Robinson. Melhor surfista do país na classificação do ranking em 2016 (5º colocado), Ítalo pegou sua primeira onda depois de 13 minutos de sua bateria, e teve que suar para bater os jovens rivais. Restando dois minutos para o final da disputa, o potiguar conseguiu um belíssimo aéreo e assumiu a liderança da bateria e não perdeu mais.

Logo em seguida foi a vez de Medina estrear em Margaret River. Agressivo, o campeão mundial de 2014 abriu sua bateria logo com uma nota 8,60. O Brasileiro chegou a ficar atrás da disputa com Leonardo Fioravanti e Davey Cathels quando quebrou sua prancha e precisou sair do mar para trocar o equipamento. As ondas pequenas não no final da bateria não atrapalharam Gabriel que reassumiu a liderança e avançou na competição.

Já o atual campeão do circuito mundial e surfe, Adriano de Souza, o Mineirinho, surfou para o gasto e bateu Keanu Asing e Jacob Willcox. Mesmo sem brilhar e sem abrir grande vantagem, Mineirinho liderou a maior parte da bateria e, sem grande desempenho dos rivais, avançou no torneio.

Outros brasileiros na disputa, Alex Ribeiro, Alejo Muniz e Caio Ibelli estrearam com derrota e ainda poderão se recuperar na repescagem, disputada no segundo round de Margaret River. Miguel Puppo e Wiggolly Dantas ainda não fizeram sua estreia na etapa.