Medina, Slater e Fanning posam frente ao troféu do Mundial de Surfe

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2014 09h33

Brasileiro pode dar título inédito ao país no esporte

Medina

O brasileiro Gabriel Medina nunca esteve tão perto do troféu da última etapa do Campeonato Mundial de Surfe. Calma, não é o que você está pensando. Nesta quinta-feira (11), o jovem paulista posou ao lado de Mick Fanning e Kelly Slater frente à taça de campeão do mundo, antes do início da disputa da última etapa do circuito, em Haleiwa, no Havaí.

Líder da competição, Medina precisa apenas se garantir na final para conquistar o título inédito para o Brasil, que nunca teve um campeão no esporte. Prestes a completar 21 anos (ele faz aniversário no dia 22 de dezembro), o jovem natual de São Sebastião terá que manter a calma para superar seus rivais, muito mais experientes.

Vice-líder do WCT, o australiano Mick Fanning está atualmente com 33 anos e já conquistou o mundial por três vezes. Os dois estão dividindo o mesmo cômodo na ilha norte-americana, construindo uma ótima amizade.

O outro adversário é nada mais, nada menos que o maior ídolo da história do surfe, o americano Kelly Slater. Há mais de 20 anos disputando o campeonato da elite mundial do surfe, o já veterano de 42 anos conquistou o título por 11 vezes. A sua primeira glória aconteceu em 1992, quando o brasileiro ainda nem era nascido.

A disputa acontecerá até o dia 20 de dezembro. Os surfistas só vão para o mar quando a organização aprovar as ondas para a dar início à última etapa do Pipe Masters.