Mesmo prejudicada pela arbitragem, Juventus vira sobre o City fora de casa

  • Por Lancepress
  • 15/09/2015 18h03
Mesmo tendo começado mal a temporada

Liga dos Campeões e Manchester City parecem não se dar bem. Afinal, a equipe inglesa estreou na atual edição da competição com derrota em casa, de virada, para a Juventus por 2 a 1, em duelo do Grupo D. Vale ressaltar ainda que a equipe italiana foi prejudicada pela arbitragem, já que o gol contra de Chiellini, que abriu o placar para os ingleses, o zagueiro sofreu falta de Kompany. Além disso, Pogba teve um gol mal anulado. Mas Mandzukic e Morata fizeram a justiça falar mais alto na Inglaterra.

A tônica dos primeiros 45 minutos pôde ser vista logo no primeiro minuto, quando o City só não abriu o placar com Sterling e David Silva porque Buffon operou milagre. Vale destacar que no início da jogada Fernandinho roubou a bola de Sturaro e ligou o contra-ataque.

A Juventus não se intimidou e também só não saiu na frente no marcador porque o assitente marcou erradamente impedimento de Pogba, que de cabeça empurrou para o fundo do gol de Hart após cruzamento de Cuadrado.

Os dois lances descritos acima foram as melhores chances de uma primeira etapa equilibrada e pautada pela forte marcação e erros nas saídas de bola, que possibilitaram contra-ataques, sobretudo da equipe inglesa. No geral, o City, além de uma maior posse de bola, teve um volume ofensivo um pouco superior. A Juventus, por sua vez, adotou a cautela típíca do futebol italiano, mas também aprontou das suas.

Na volta do intervalo os técnicos Manuel Pellegrini e Massimiliano Allegri não fizeram mudanças. A Juventus voltou com uma postura um pouco mais agressiva e aproveitava um certo marasmo do City. No entanto, este cenário durou pelo menos até os primeiros dez minutos. Foi ai que veio mais uma polêmica contra a equipe italiana e a vantagem inglesa.

Após escanteio, Kompany fez falta na disputa de bola com Chiellini, que acabou empurrando a bola contra o próprio gol. O árbitro Damir Skomina (SVN) nada marcou e validou a jogada, para reclamação generalizada dos jogadores da equipe visitante. A vantagem do City só não foi aumentada logo em seguida porque Buffon operou dois milagres nos chutes de Sterling e David Silva.

A Juventus mais uma vez, na base do contra tudo e contra todos, partiu em busca do empate e quase conseguiu com Sturaro. Hart em uma grande defesa evitou. O jogo ganhou em emoção. E de tanto sofrer, a Velha Senhora finalmente chegou ao seu gol com Mandzukic, que escorou lançamento de Pogba. Com o confronto aberto, venceria quem aproveitasse a oportunidade. E ela apareceu para Morata, que em um belo chute de fora da área, decretou a virada e a vitória italiana.

Sevilla faz dever de casa

Na espanha, o Sevilla esterou com vitória sobre o Borussia Moenchengladbach por 3 a 0. Gamero, Banega (ambos de pênalti) e Konoplyanka garantiram o primeiro triunfo no Grupo D.
Com os resultados desta terça-feira, Sevilla e Juventus chegam aos três pontos, com os espanhóis na frente nos critérios de desempate. Na próxima rodada, que acontece no dia 30, o Borussia Moenchengladbach recebe o Manchester City, enquanto a Juventus faz seu primeiro jogo em casa diante do Sevilla.