Messi faz mais um de pênalti, decide clássico e coloca Barça na ponta

  • Por Agencia EFE
  • 29/03/2014 15h05
EFEEm 2013, o Barcelona atuava com camisa usando as cores da bandeira catalã

Assim como aconteceu no último domingo, quando resolveu o duelo com o Real Madrid com dois pênaltis convertidos, Lionel Messi voltou neste sábado a decidir um clássico com um gol da marca fatal, desta vez garantindo a vitória sobre o Espanyol por 1 a 0, colocando o Barcelona ao menos provisoriamente na liderança do Campeonato Espanhol.

No estádio Cornellà-El Prat, Messi não foi espetacular como de costume, e teve atuação apenas discreta, mas foi decisivo. Outro que também não encontou, mas ao menos mostrou bastante vontade foi Neymar, que acertou uma bola no travessão.

Entre os outros brasileiros do elenco, Daniel Alves voltou ao time titular depois de ter sido poupado na vitória sobre o Celta de Vigo no meio de semana. Com isso, Adriano foi deixado no banco de reservas.

A equipe visitante entrou em campo com uma camisa em homenagem ao goleiro Victor Valdés, que lesionou o joelho gravemente diante do Celta, terá que ser operado e está fora da temporada e provavelmente fora da Copa do Mundo.

Com o Barça pouco inspirado de uma forma geral, o clássico foi equilibrado. O lance decisivo aconteceu aos 23 minutos do segundo tempo. Neymar foi lançado dentro da área pela esquerda e matou no peito. A bola então tocou na mão de David López, e o árbitro deu pênalti, que Messi cobrou com categoria no canto direito do goleiro Casilla.

Em uma grande ironia, López terminou a partida atuando como goleiro, já que Casilla foi expulso por cortar um chute por cobertura de Messi com a mão fora da área. Contudo, o Barça não soube se aproveitar da situação, e o placar ficou em 1 a 0.

A vitória suada levou o Barcelona a 75 pontos, dois a mais que o Atlético de Madrid, que caiu para a segunda posição mas voltará à ponta se derrotar o Athletic Bilbao ainda hoje no San Mamés. Já o Espanyol continua em oitavo lugar, com 40.