Miami Heat vence a 13ª seguida e se aproxima dos playoffs na NBA

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/02/2017 11h07
Heat venceu a 13ª partida consecutiva

O que antes parecia improvável está se tornando realidade para o Miami Heat. Depois de um sofrível início de temporada na NBA, a equipe emplacou na noite de sexta-feira sua 13ª vitória consecutiva e manteve sua forte evolução na competição. Agora, a franquia de Miami já trata a vaga nos playoffs como meta possível. A rodada também teve vitórias das duas melhores equipes da temporada até agora: o Golden State Warriors e o San Antonio Spurs. 

Jogando em Nova York, o Heat desta vez não precisou surpreender para arrancar mais uma vitória. Diante do Brooklyn Nets, lanterna da Conferência Leste e pior time do campeonato, a equipe de Miami venceu por 108 a 99, fora de casa. Tem agora 24 triunfos e 30 derrotas, figurando na inesperada 10ª colocação – somente os oito primeiros de cada conferência avançam aos playoffs.

Tentando reverter a campanha ainda negativa – tem mais derrotas que triunfos -, o Heat foi liderado por James Jonhson, responsável por 22 pontos e seis rebotes, e Tyler Jonhson, com 22 pontos. Apesar do revés, o Brooklyn Nets contou com o cestinha da partida. Brook Lopez anotou 30 pontos. O time da casa segue com a pior campanha da competição, com apenas 9 vitórias e 45 derrotas.

Pela Conferência Oeste, Warriors e Spurs não decepcionaram. Os atuais vice-campeões superaram o Memphis Grizzlies por 122 a 107, fora de casa, emplacando a 45ª vitória no campeonato – tem apenas oito derrotas. Klay Thompson foi o principal pontuador da partida, com 36 acertos. Kevin Durant contribuiu com 24 e Stephen Curry, mais discreto, com 18.

Decisivo, Draymond Green obteve feito incomum, ao registrar um “triple-double”, mesmo somar muitos pontos – foram apenas quatro Ele anotou 12 rebotes, 10 assistências e mais 10 roubadas de bola. Pelo Grizzlies, Mike Conley foi o destaque, com 20 pontos. A equipe está em sexto lugar na Conferência Oeste, com 33 vitórias e 23 derrotas.

Também fora de casa, o Spurs bateu o Detroit Pistons por 103 a 92. Ainda sonhando com a liderança da tabela, que segue com o Warriors, o Spurs contou com 32 pontos de Kawhi Leonard. LaMarcus Aldridge e Dewayne Dedmon cravaram um “double-double”, de 19 pontos e 11 rebotes, e 17 pontos e 17 rebotes, respectivamente.

O Spurs soma agora 41 vitórias e 12 derrotas, na segunda colocação da Conferência Oeste. O Pistons ocupa o oitavo posto do lado Leste, com 25 vitórias e 29 derrotas. 

DUELO DE BRASILEIROS – A rodada contou com um confronto direto entre Leandrinho e Cristiano Felício na surpreendente vitória do Phoenix Suns sobre o favorito Chicago Bulls pelo placar de 115 a 97. 

Leandrinho saiu de quadra com o triunfo, mas foi Felício que mostrou mais serviço na partida. Em 22 minutos em quadra, ele registrou três pontos, cinco rebotes e duas assistências. Leandrinho, pelo Suns, marcou três pontos e uma assistência em 12 minutos. 

Apesar do revés, o Bulls segue forte na briga pelos playoffs. Ocupa o sétimo lugar da Conferência Leste, com 26 vitórias e 28 derrotas. Enquanto isso, o Suns praticamente não tem chances de avançar no campeonato. É o último colocado da Conferência Oeste, com apenas 17 triunfos e 37 derrotas.