Micronésia termina participação nos Jogos do Pacífico com 114 gols sofridos

  • Por Agência EFE
  • 07/07/2015 10h49
Reprodução Micronesia perdeu de 38 a 0 para Fiji pelos Jogos do Pacífico

Se para muitos “7 a 1 foi pouco”, o torcedor da Micronésia certamente entende que seus compatriotas apanharam exageradamente nos Jogos do Pacífico, em que fechou a participação nesta terça-feira sofrendo goleada de Vanuatu por 46 a 0.

Em três jogos disputados na fase de grupos, a frágil seleção sofreu 114 gols e não fez sequer um, isso em confronto contra equipes nacionais que estavam longe de ser potências, já que além do adversário de hoje, as outras derrotas foram para Fiji por 38 a 0 e Taiti por 30 a 0.

Esta foi a primeira vez na história que os Estados Federados da Micronésia, conjunto de 607 ilhas, formou seleção para disputar os Jogos do Pacífico, com grupo formado por 23 atletas, todos com menos de 23 anos de idade.

A missão de treinar os jovens da região ficou a cargo do australiano Stan Foster, que admitiu ter podido fazer pouco para evitar os resultados negativos exagerados.

“Foram jogos de crianças contra homens. Jogamos contra equipes bem treinadas, mas espero que a Fifa venha a Micronésia e nos filie à Ásia (confederação continental). Isso nos dará um grande impulso”, afirmou o treinador.

As goleadas sofridas pela frágil seleção, no entanto, não serão reconhecidas pela Fifa, já que se trata de uma competição de categorias inferiores extra-oficial.

Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Fiji e Vanuatu foram os classificados para as semifinais dos Jogos do Pacífico.