Milan demite Seedorf e anuncia Filippo Inzaghi como treinador

  • Por EFE
  • 09/06/2014 11h20

Em sua primeira partida como técnico do MilanSeedorf estreia com vitória no comando do Milan

O Milan anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico holandês Clarence Seedorf, e também o nome do novo comandante, o italiano Filippo Inzaghi, que estava a frente da equipe sub-20 havia um ano.

A saída do ex-jogador do Botafogo do clube rubro-negro já era especulada pela imprensa italiana desde o decorrer da temporada que terminou no mês passado. Contratado em janeiro, Seedorf não emplacou sequência de bons resultados, e terminou o Campeonato Italiano apenas na oitava posição – assumiu com a equipe em 11º.

Sucessor do italiano Massimiliano Allegri, o holandês convivia com tensão no relacionamento com o proprietário do Milan, o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi. Inzaghi, que foi companheiro de Seedorf na equipe, assinou contrato até o fim da temporada 2015/2016, justamente o período que Seedorf tinha de compromisso.

Com 40 anos de idade, o ex-centroavante abandonou o futebol dois anos atrás, e logo foi comandar as divisões de base do Milan. Na última edição do Campeonato Italiano sub-20, no entanto, Inzaghi também não teve sucesso, ficando fora da fase final, que envolveu oito equipes.

A principal intenção dos mandatários do Milan é fazer com que o time ganhe característica mais aguerrida com Inzaghi, que sempre se destacou por sua força de vontade mostrada dentro de campo. Desde 2012, quando deixou sua carreira como atleta, o ex-centroavante comanda equipes da categoria de base do clube rubro-negro.

Em uma das piores fases de sua história recente, o time italiano foi comandado por Seedorf em 22 partidas. Ao todo, foram 11 vitórias, dois empates e oito derrotas, sendo sete destes triunfos nos últimos nove jogos. Eliminado da Liga dos Campeões da Europa e da Copa da Itália, não conseguiu classificação para nenhuma competição europeia.