Milhares de torcedores se despedem do Atlético Nacional antes do Mundial

  • Por EFE
  • 07/12/2016 10h58

Torcida do Atlético Nacional antes de embarque do time para a disputa do Mundial de Clubes

Torcida do Atlético Nacional antes de embarque do time para a disputa do Mundial de Clubes

Cerca de dez mil torcedores do Atlético Nacional compareceram nesta terça-feira ao aeroporto colombiano José María Córdova, de Rionegro, para se despedir do time antes da viagem ao Japão para a disputa do Mundial de Clubes.

A torcida se concentrou no estádio Atanasio Girardot, em Medellín, de onde saiu uma caravana de 25 ônibus com a intenção de dar o último apoio ao elenco, que fará uma escala em Bogotá para enfrentar o Santa Fé pelo Campeonato Colombiano e depois, na quinta-feira, viajará ao Japão com 25 jogadores.

“É um momento importante para a torcida porque é nossa homenagem a todos estes guerreiros que partem ao Japão para conquistar o mundo”, disse Felipe Ospina, líder de uma das torcidas do time.

O Attlético Nacional sentiu de dentro do ônibus o calor da torcida com os fogos, bandeiras e cânticos do estádio até o aeroporto.


Após a semana de homenagens às vítimas do acidente aéreo que tirou a vida de jornalistas tripulantes e de grande parte do time da Chapecoense, que seria o rival do Atlético Nacional na final da Copa Sul-Americana, a comissão técnica e os jogadores do clube colombiano partirão de Bogotá a Paris para depois seguirem rumo a Osaka.

“Demos o salto de qualidade e temos que assumir este desafio. O departamento de análise de desempenho do clube já está terminando de reunir as informações sobre os rivais. Serão difíceis e competitivos, com estilos diferentes”, disse o técnico Reinaldo Rueda antes de partir para Bogotá.

O Atlético Nacional estreará em Osaka no dia 14 de dezembro na fase de semifinais. O rival ainda não foi definido, mas será Kashima Antlers, do Japão, Auckland City, da Nova Zelândia, ou Mamelodi Sundowns, da África do Sul.