Ministro dos esportes diz que pedido de desculpas de Ibra não é suficiente

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2015 09h32

Ibrahimovic marcou o gol da vitória do PSG sobre o Nice por 1 a 0

Ibrahimovic

Após a derrota do PSG para o Bordeaux, Ibrahimovic teceu críticas duras à arbitragem e a França. Em seguida o atacante pediu desculpas publicamente em uma rede social ao povo francês, mas manteve o posicionamento em relação aos juízes.

No pedido, Ibrahimovic falou: “Eu gostaria de esclarecer que minhas palavras esta noite não foram diretas para a França ou o povo francês. Eu estava falando apenas em relação ao futebol. Eu perdi o jogo, eu aceito isso, mas eu não posso aceitar isso quando o árbitro não segue as regras. Não é a primeira vez e estou cansado disso. Gostaria de me desculpar se alguém ficou ofendido ou interpretou minhas palavras da maneira errada”.

Embora as desculpas tenham acontecido, não foram suficientes, pelo menos para o ministro do Esportes francês. Para o parlamentar foi um erro o não pedido de desculpas à arbitragem. “Foi um descuido. A arbitragem francesa deve ser defendida, porque, de outra forma, isso abrirá portas para todas as formas de descuidos”, disse o ministro à Rádio RTL de Paris.

Mesmo com a derrota para o Bordeaux, o PSG não saiu da ponta da tabela. Lyon e Olympique poderiam ter ultrapassado a equipe de Paris, mas empataram em 0 a 0 e perderam grande oportunidade.