Minotauro encara “arranha-céu” holandês em duelo de gerações e do “coração”

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2015 20h25
RIO DE JANEIRO, RJ - 31.07.2015: PESAGEM: UFC190: ROUSEY VS. CORREIA - Stefan Struve (Skyscraper) x Minotauro Nogueira na categoria peso pesado durante PESAGEM UFC190: ROUSEY vs. CORREIA na HSBC Arena. (Foto: Celso Pupo /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 970112Struve tem 12 anos a menos que Rodrigo Minotauro. Ambos se enfrentarão pelos pesos-pesados no UFC 190

Apesar de não valer cinturão, a luta UFC 190 entre Rodrigo “Minotauro” Nogueira e Stefan “Skyscraper” Struve, pelos pesos-pesados, coloca muita coisa em jogo. O brasileiro, veterano que caminha para o fim de sua carreira, enfrentará um adversário bem mais jovem. Apesar disso, o holandês já tem experiência em superar dificuldades de “gente grande”, como um problema de coração. E põe gente grande nisso: Struve tem altura de gigante. Confira essas e outras curiosidades sobre a luta que acontece no card principal do evento deste sábado, 1º de agosto.

Duelo de gerações

Doze anos separam o nascimento de Rogério Minotauro e Stefan Struve. O brasileiro, com 39 anos, nasceu 2 de junho de 1976, em Vitória da Conquista, na Bahia. Já enfrentará o holandês, que tem 27, veio ao mundo em 18 de fevereiro de 1988, na província de Beverwijk. Será um confronto entre um lutador em fim de carreira e outro que tenta alavancar de vez a sua. Um verdadeiro duelo de gerações no UFC.

Encarando o gigante

Stefan Struve mede nada menos que 2,13m de altura. Não é à toa que o chamam de gigante e seu apelido é Skyscraper, que em português significa “arranha-céu”. O tamanho avantajado do holandês ficou claro no momento em que ele encarou Minotauro na divulgação do UFC 190. E isso que o brasileiro não é nem um pouco baixo: ele tem 1,90 de altura. Porém, é difícil não parecer pequeno perto de Struve.

Com o coração no lugar

Além dos adversários no octógono, Struve teve de ganhar outra batalha na vida: um problema no coração. Em 2013, o gigante anunciou que teria de interromper a carreira por conta de um vazamento da válvula aórtica e um aumento do coração. Com isso, apenas 70% do sangue da artéria aorta era bombeado ao corpo. Segundo ele, o problema atrapalhou em suas duas últimas lutas. Recuperado após fazer um tratamento, agora o holandês quer mostrar que essa dificuldade é coisa do passado.

Tentativa de redenção

Mesmo em idades e momentos da carreira muito diferentes, ambos os lutadores precisam muito da vitória para se reerguer após derrotas. Em sua última luta, em abril de 2014, Minotauro foi nocauteado pelos pesados socos de Roy Nelson no primeiro round. Já Struve perdeu para Mark Hunt em 2013, antes do diagnóstico de seu problema no coração, e para Alistair Overeem, no fim do ano passado.