Miranda acredita em última vaga na defesa da Seleção para a Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2014 17h06
Miranda diz que Atlético de Madrid não aceita eliminação

O zagueiro Miranda vem fazendo uma temporada incontestável pelo Atlético de Madrid. Líder do Campeonato Espanhol com a defesa menos vazada e finalista invicto da Liga dos Campeões da Europa, o brasileiro é um dos pilares da equipe comandada pelo argentino Simeone. Com toda a eficiência demonstrada a poucos meses da Copa do Mundo, em entrevista a Rádio Jovem Pan, o ex-atleta do São Paulo se diz esperançoso quanto a convocação do próximo dia 7 de maio.

“Eu tenho esperanças, estou num fase maravilhosa aqui no Atlético de Madrid e existe a possibilidade por ter uma vaga em aberto na defesa. Estou fazendo o meu melhor para poder ser lembrado”, revelou o defensor. “Seria um sonho jogar uma Copa no Brasil e acho que continuo na briga pela quarta vaga. Até que saia essa lista eu tenho esperança e trato cada jogo como se fosse o último para ser convocado”.

O camisa 5 é um dos principais jogadores da histórica campanha do Atlético de Madrid no torneio nacional e na Liga dos Campeões da Europa. Miranda aponta o entrosamento do grupo como diferencial, já que eles vêm atuando juntos há três temporadas. A chegada de algumas peças também ajudou os “Colchoneros” a rivalizarem ponto a ponto com os poderosos Real Madrid e Barcelona.

Com o sucesso conquistado, parece inevitável que grandes nomes do atual elenco deixem o clube para a próxima temporada. O atacante Diego Costa é um dos principais candidatos a trocar de time e já teria recebido uma proposta irrecusável do Chelsea, o que foi noticiado pela imprensa britânica durante a última semana.

Sobre possíveis propostas pelo seu futebol, o zagueiro não deu pistas sobre o futuro e contou que pretende permanecer no clube madrilenho. “Meu pensamento é terminar bem a temporada e com título. O que acontecer depois é consequência do que venho fazendo. Para a próxima temporada eu tenho contrato com o Atlético de Madrid e no momento eu pretendo permanecer”.

O campeão brasileiro pelo Tricolor classificou a final da principal competição de clubes do mundo como “histórica” e elogiou a equipe Merengue, adversários no dia 24 de maio, em Lisboa. “Uma final histórica contra o Real Madrid, o nosso maior rival, um clássico. O Real Madrid tem um contra-ataque muito forte e jogadores muito bons em todos os setores do campo e os principais que são o Cristiano Ronaldo, Bale e Benzema”, apontou.

O paranaense de Paranavaí sempre confiou que o Atlético poderia fazer uma ótima temporada, mesmo que ninguém da mídia especializada e os próprios torcedores não esperassem. “Muita gente não apostou, mas nós sabíamos da nossa qualidade. No mata-mata somos muito fortes e sabemos jogar esse tipo de competição. Estávamos conscientes que poderíamos fazer uma grande temporada e chegar pelo menos onde estamos”, explicou.

Miranda ainda afirmou ter uma boa relação com o São Paulo, onde se destacou no futebol brasileiro, ganhando projeção internacional e sendo convocado para a Seleção. Sobre uma possível volta ao país, o zagueiro revelou que não pensa no momento, mas em caso de retorno, a primeira opção seria o time do Morumbi.