MLS supera Brasileirão em número de jogadores convocados em data Fifa

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2015 09h13
Em suas primeiras temporadas na MLS

Para quem ainda duvida do crescimento e da competitividade da liga de futebol dos Estados Unidos, a Major League Soccer, a data Fifa do mês de setembro não deixa dúvida: é possível jogador em bom nível na MLS a ponto de defender uma grande seleção. De acordo com o site da liga norte-americana, 76 jogadores que atuam na terra do Tio Sam foram convocados pelas suas seleções nacionais para a disputa de jogos amistosos ou Eliminatórias.

Entre os destaques da MLS convocados para sua seleções estão os italianos Pirlo, do New York City, e Giovinco, do Toronto FC, que foram escolhidos pelo técnico Antonio Conte para a disputa de partidas das Eliminatórias da Euro 2016, além de Kaká, que foi chamado por Dunga para defender o Brasil contra Costa Rica e Estados Unidos.

O crescimento da MLS fica ainda mais evidente se compararmos com o número de convocados para seleções nacionais em outras duas ligas mais tradicionais: a Liga MX, do México, possui 54 atletas chamados por seleções apenas da Concacaf e Conmebol. A diferença é ainda maior se olharmos para o Brasil: o Campeonato Brasileiro soma 22 jogadores convocados divididos em seleções apenas da Conmebol. 

A maior parte dos jogadores convocados servirão as equipes da Concacaf (40). Dois jogadores foram chamados por seleções da Conmebol, enquanto sete foram convocados por equipes da UEFA, mesmo número de jogadores chamados por seleções da africanas e mais dois foram chamados por times da Ásia. Outros 18 jogadores da MLS ainda foram chamados para seleções de base que aproveitam a data Fifa.