Monaco domina Arsenal, vence por 3 a 1 e sai em vantagem nas oitavas

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2015 18h42
O Monaco surpreendeu o Arsenal em pleno Emirates Stadium e conseguiu boa vantagem na disputa

O Arsenal entrou em campo, na tarde desta quarta-feira (25), com todo o favoritismo consigo. Seja pelo fato de atuar em casa, no Emirates Stadium, seja por enfrentar um adversário, ao menos na teoria, mais frágil. Apesar disso, o Monaco fez questão de afastar esse status de zebra e agora é o favorito para ficar com uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões, já que venceu a partida por 3 a 1 e encaminhou a classificação.

Os gols da vitória do Monaco foram marcados por Kongdobia, no primeiro tempo, e Berbatov, na etapa complementar. Alex Oxlade-Chamberlain diminuiu para o Arsenal aos 45 minutos do segundo tempo, em belo tiro colocado, mas ainda houve o tempo para Carrasco fazer valer seu nome e anotar o terceiro do Monaco e selar o triunfo.

Com o resultado, o Arsenal agora precisará de uma vitória por 3 a 1 no jogo de volta para levar a decisão para a prorrogação, por dois gols de diferença, caso marque pelo menos quatro gols, ou por 3 a 0 para avançar diretamente. Já o Monaco pode perder até por 2 a 0 para avançar.

A partida de volta das oitavas de final entre Arsenal e Monaco será disputada no dia 17 de março, às 16h45 (de Brasília), quando o time londrino visita o rival no estádio Louis II.

O jogo – O Arsenal começou a partida no Emirates Stadium em excelente ritmo e, logo no primeiro minuto de bola rolando, os Gunners quase abriram o placar, quando Danny Welbeck recebeu lançamento, aproveitou uma bobeada do defensor Echiéjilé e invadiu a área, finalizando na sequência, mas mandando o arremate por cima da meta defendida por Subasic.

Após um bom início de jogo, no qual manteve a maioria da posse de bola, o Arsenal parou de criar chances de perigo e permitiu que o Monaco começasse a equilibrar as ações dentro do embate.

Aos 32, Ozil deu bom passe para Alexis Sánchez e o chileno bateu colocado, mas mandou para fora. Apenas dois minutos mais tarde, foi a vez de o time francês assustar, em finalização de Moutinho, mas a bola foi para fora.

Mais ‘soltos’ no jogo, os visitantes abriram o placar aos 37 minutos da etapa inicial, quando João Moutinho deu bom passe para Kongdobia e o volante francês bateu forte, de longe, e contou com desvio do zagueiro alemão Mertesacker para ‘matar’ o goleiro Ospina e faz 1 a 0 no Emirates Stadium.

O Arsenal ainda teve uma chance em bola parada no último minuto, mas o cruzamento ficou na mão de Subasic e o árbitro encerrou o período inicial. O Monaco foi para os vestiários com vantagem mínima no placar.

No segundo tempo, o Arsenal novamente criou uma chance logo no primeiro minuto, após cruzamento de Sanchez, mas ninguém conseguiu desviar para o gol. E o Monaco logo voltou a complicar a vida dos britânicos.

Aos sete, em contra-ataque rápido, os franceses fizeram 2 a 0, com Dimitar Berbatov, que recebeu bom passe e mandou uma pancada para o gol, sem chances para Ospina.

Com 12 minutos, o Arsenal teve uma chance preciosa de diminuir a desvantagem, quando Sanchez finalizou cruzado, mas o goleiro Subasic defendeu. No rebote do arqueiro, Giroud perdeu gol na cara da meta.

Três minutos depois, Martial finalizou da esquerda, mas Ospina fez uma defesa importante para evitar o terceiro do Monaco.

Uma prova concreta de que nada estava dando certo para o Arsenal apareceu aos 18 minutos, quando Walcott finalizou, o goleiro do Monaco defendeu e, no rebote, na cara do gol, Welbeck finalizou em cima do companheiro, que evitou que a bola fosse para o gol.

Após muita insistência, o Arsenal conseguiu descontar com Alex Oxlade-Chamberlain, aos 45 minutos, em lindo chute colocado da entrada da área, mas Yannick Ferreira-Carrasco aproveitou contra-ataque aos 48 minutos, bateu cruzado da direita e viu a bola ainda bater na trave antes de entrar no gol defendido por Ospina. Vitória francesa por 3 a 1 e classificação bem encaminhada para a ‘zebra’ da vez.