Morten convoca 19 para Seleção de handebol e começa a montar elenco do Rio-2016

  • Por Agência Estado
  • 22/02/2016 18h14
Duda Amorim é eleita melhor jogadora do handebol mundial

A fase de testes na Seleção feminina de handebol acabou. A frustrante eliminação nas oitavas de final do Mundial do ano passado foi superada e agora o foco está totalmente nos Jogos Olímpicos do Rio. Com 19 jogadoras à disposição, o técnico Morten Soubak precisa escolher as 14 que vão brigar por uma inédita medalha de ouro. Esse trabalho começa em março, quando a Seleção ficará reunida por 17 dias, na Europa.

Serão 11 dias de treinos no Hypo Nö, clube austríaco com o qual a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) manteve longo convênio, e depois o grupo viaja para uma competição amistosa na Noruega, contra as donas da casa, Espanha e Alemanha.

“Tudo o que vamos fazer daqui para a frente faz parte de uma avaliação. Temos que analisar tudo para fazer a composição da equipe também, além de trabalhar os aspectos táticos e técnicos. Estamos muito contentes por mais uma vez conseguirmos realizar jogos com seleções top do mundo”, comentou Morten.

A equipe convocada é formada quase integralmente por jogadoras que estiveram na Seleção ao longo da maior parte do ciclo, incluindo o título mundial. As novidades são só a goleira Jéssica (São Caetano), as armadoras Gabriela (Pinheiros) e Tainara (Raelingen, da Noruega). Também a ponta Samira, que ficou fora do Mundial, voltou a ser chamada. 

Confira a convocação:

GOLEIRAS: Bárbara Arenhart (Nykobing, da Noruega), Jéssica Oliveira (São Caetano) e Mayssa (CSM Bucaresti, da Romênia).

ARMADORAS: Amanda Andrade (Concórdia), Deonise (CSM Bucaresti), Duda Amorim (Gyor Audi, da Hungria), Gabriela Constantino (Pinheiros) e Tainara Luna Gonçalves (Raelingen HK, da Noruega). 

CENTRAIS: Ana Paula (CSM Bucaresti) e Francielle (Guaru). 

PONTAS: Alexandra (Baia Mare, da Romênia), Célia Coppi (Metodista/São Bernardo), Fernanda França (CSM Bucaresti), Jéssica (Selgros Lublin, da Polônia), Larissa Fais Munhoz Araújo (Concórdia) e Samira (Nice, da França). 

PIVÔS: Dani Piedade (Siofok, da Hungria), Dara (Bietigheim, da Alemanha) e Tamires Morena (Gyor Audi).