Mourinho confirma que M. United e Chelsea chegarão a um acordo por Mata

  • Por EFE
  • 24/01/2014 12h28

O sérvio Nemanja Matic (esq.)Matic

O técnico do Chelsea, José Mourinho, confirmou nesta sexta-feira que o espanhol Juan Mata viajou para Manchester para ser avaliado pelos médicos do Manchester United e confiou que “em breve” ambos os clubes chegarão a um acordo.

“É uma boa decisão para Juan, é bom para o Campeonato Inglês e a oferta é a certa se levarmos em conta a qualidade do jogador”, apontou em entrevista coletiva Mourinho.

O treinador português indicou que o acordo para a transferência de Mata ao Manchester United será fechado “o mais breve possível”.

“Não há temor por nossa parte. Queremos que Juan seja feliz e desejamos o melhor”, acrescentou Mourinho sobre uma contratação pela qual o Chelsea poderia receber 37 milhões de libras (44 milhões de euros).

O jogador espanhol, eleito pelos torcedores como o melhor da equipe durante as duas últimas campanhas, já teve desentendimentos com o técnico português, mas parece que a relação não foi abalada, segundo informaram os meios de comunicação britânicos.

“Se os admiradores estão tristes pela saída de Juan, eu diria que nós também estamos tristes. Ninguém está dando saltos (de alegria). Depende do ponto de vista. Estariam os torcedores felizes se impedíssemos Mata de ser feliz?”, perguntou Mourinho na sala de imprensa.

Perante a iminência do fechamento da operação entre o Chelsea e o United, Mata, de 25 anos e jogador da seleção espanhola, já se despediu de seus companheiros no campo de treinamento em Londres.

Aparentemente, outros clubes como o Paris Saint-Germain e o Atlético de Madrid também tinham demonstrado interesse nos serviços de Mata, de acordo com a imprensa britânica.

Segundo os comentaristas, o montante da contratação de Juan Mata superaria o anterior recorde do Manchester United, de 30 milhões de libras (36 milhões de euros) que pagou ao Tottenham Hotspur por Dimitar Berbatov em setembro de 2008. EFE