Mourinho diz que Atlético mereceu classificação e elogia Courtois: “decisivo”

  • Por EFE
  • 30/04/2014 20h27
Atlético vence Chelsea por 3 a 1 e enfrente o Real Madrid na final

O técnico do Chelsea, José Mourinho, demonstrou resignação com a eliminação nas semifinais da Liga dos Campeões com a derrota para o Atlético de Madrid por 3 a 1 nesta quarta-feira e admitiu a superioridade do adversário, que segundo ele se deveu em boa parte à atuação do goleiro belga Thibaut Courtois.

“O Atlético foi o vencedor com justiça. Até o pênalti, que foi claro conforme me disseram, não foi melhor. Controlamos a partida, foi tudo equilibrado, mas esse minuto foi crítico. O goleiro deles foi decisivo, fez uma defesa impossível em cabeçada de John Terry, e depois houve o pênalti convertido por Diego Costa”, analisou o técnico português em entrevista à emissora espanhola “Canal Plus”.

Courtois foi centro de uma polêmica antes das semifinais por ser goleiro do Chelsea e estar emprestado ao Atlético. No contrato de empréstimo, há uma cláusula que o impede de jogar contra a equipe inglesa, mas a restrição não é permitida pela Uefa em competições organizadas por ela.

“O goleiro é do Atlético. Está lá para defender. Também fez uma defesa impossível em chute de Hazard, com o confronto já definido. Mas a de Terry foi decisiva”, completou Mourinho, que deixou o lado carrancudo de lado para elogiar os finalistas.

“O Atlético é uma equipe que sabe se portar em campo. Defensivamente é muito forte, e sabe o que fazer quando sai para o ataque. Às vezes na Champions chega um time que não é esperado. Desta vez, a competição se desenvolveu com tranquilidade. O Real Madrid foi melhor que o Bayern, e o Atlético foi melhor em momentos determinantes. Merecem estar lá”, opinou.