MP abre nova causa para mudar resultado do último Brasileirão

  • Por Agência EFE
  • 13/02/2014 19h43
RIO DE JANEIRO,RJ,16.12.2013:JULGAMENTO/PORTUGUESA/TORCEDORES - Torcedores da Portuguesa lamentam rebaixamento após o resultado do julgamento da escalação irregular do jogador Héverton na última rodada do Campeonato Brasileiro, na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro (RJ), nesta segunda-feira (16). (Foto: Ariel Subirá/Futura Press/Folhapress)Lágrimas e sorrisos: confira imagens dos torcedores após o julgamento que rebaixou a Lusa

O Ministério Público de São Paulo abriu nesta quinta-feira uma nova causa contra a CBF para que seja alterado o resultado da edição de 2013 do Campeonato Brasileiro e a Portuguesa volte à Série A, recuperando os pontos perdidos na justiça, o que também aconteceria com o Flamengo.

Na nova ação civil pública, o promotor Roberto Senise Lisboa, da Promotoria de Justiça do Consumidor de São Paulo, denuncia o descumprimento do Estatuto do Torcedor. Ele solicita que o Tribunal de Justiça de São Paulo anule a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) à Lusa, que permaneceria na elite e com isso rebaixaria o Fluminense.

A promotoria também pede que a CBF indenize os torcedores dos dois clubes por danos morais. A quantia paga seria usada em alguma atividade comunitária.

De acordo com Lisboa, um juiz de São Paulo analisará o caso e se pronunciará sobre o assunto até o começo da próxima semana.