Muricy critica “falta de luta” Tricolor em eliminação: “não dá para aceitar”

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2014 07h50

Técnico colocou uma defesa mista no duelo que eliminou o São Paulo do torneio

Muricy critica “falta de luta” Tricolor em eliminação: “não dá para aceitar”

O São Paulo teve uma noite para se esquecer na última quarta-feira, no Estádio do Morumbi. Mesmo com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo contra o Bragantino, a equipe hexacampeã brasileira levou uma inesperada reviravolta e perdeu para o time do interior por 3 a 1, sendo eliminada de forma precoce da Copa do Brasil. Em entrevista coletiva concedida logo após o fim da partida, o técnico Muricy Ramalho criticou a falta de luta de seus comandados, dizendo que é inaceitável ser eliminado em casa da forma que foi.

“No futebol, quando você não está jogando bem, tem de ir por um outro lado. Pela luta ou algum lugar. Não fomos bem em nenhum sentido. Não são só as bolas paradas. Não jogamos bem. Isso é o que me irrita. O time adversário vem, se impõe e irrita. Ainda mais no nosso campo. Não dá para aceitar isso”, afirmou.

Após sair na frente com o gol de Paulo Miranda e ter tido a oportunidade de aumentar a vantagem com Ganso, o Tricolor viu os visitantes virarem com Cesinha, Gustavo e Guilherme Mattis. Para o treinador, parecia que a vitória aconteceria com facilidade.

“Nos dez primeiros minutos parecia que nós passearíamos. Futebol é isso. Deixamos os caras gostar do jogo. Demos uma relaxada. Quando você quer voltar para o jogo, não dá mais. O Bragantino mereceu”, completou.

Com a eliminação da Copa do Brasil, o Tricolor concentrará as suas forças na Copa Sul-Americana, torneio vencido pelo time do Morumbi em 2012 e que garante uma vaga na pré-Libertadores de 2015.