Muricy elogia empenho do time em clássico: “precisam sair mortos de campo”

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2014 07h58

Técnico poupará jogadores no confronto contra o Criciúma pela Copa Sul-Americana

Muricy elogia empenho de do time: “precisam sair mortos de campo”

O São Paulo jogou bem e venceu o Santos, no fim da partida, por 2 a 1, na tarde do último domingo, no Morumbi e o técnico Muricy Ramalho elogiou o empenho de toda a sua equipe, inclusive do quadrado formado por Ganso, Pato, Kaká e Alan Kardec. Segundo o comandante Tricolor, os jogadores aceitaram se doar na marcação e estão gostando.

“O que estamos tentando convencer esses jogadores, e é todo dia, é de que sem a bola eles são importantes. Falar para Ganso e Pato jogarem é fácil. Difícil é sem a bola. Existe o adversário que vai jogar também. Se eu deixasse Mena e Cicinho jogarem, eles arrebentariam com a gente. E o legal é que os nossos jogadores estão aceitando isso, e estão gostando”, revelou. “Antigamente, tínhamos muita dificuldade. Os outros times jogavam muito fácil contra a gente. Não dá para ficar olhando. Ganso foi o melhor em campo, Denilson foi fundamental. E é isso. Todos sabendo que precisam lutar mais, precisam sair mortos como saíram novamente. Seria injustiça o empate”, opinou.

Com a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, a equipe do Morumbi agora volta as suas atenções para o duelo contra o Criciúma, pela Copa Sul-Americana, que acontece na próxima quinta-feira, em Santa Catarina. Muricy sinalizou que poupará alguns atletas, mas confirmou Ganso, Pato e Alvaro Pereira, já que os três receberam o terceiro cartão amarelo no clássico e não jogarão a próxima rodada do Brasileirão.

“Às vezes confundem ter bons jogadores com ter plantel. Temos bons jogadores, mas não um grupo. Muitos jogadores machucados e muitos com cartões. Perdemos três (Pato, Ganso e Alvaro Pereira). Vamos mesclar no meio da semana (contra o Criciúma, quinta, pela Copa Sul-Americana). Kaká preocupa, pois não se poupa em campo, precisamos cuidar dele. Os que não vão jogar no fim de semana devem jogar quinta: Ganso, Alvaro e Pato. Temos de ser inteligentes agora. Nosso elenco tem nomes, mas poucos jogadores. Também estamos de olho no Toloi, que vem de uma sequência dura”, informou.

O Tricolor Paulista tentará conquistar a sua 5ª vitória consecutiva no torneio nacional no próximo domingo, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli. A missão é diminuir a desvantagem para o líder Cruzeiro, que é de sete pontos.