Muricy elogia pressão inicial e promete lutar até o fim pelo título brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2014 07h28

Tricolor diminuiu a diferença para o líder CruzeiroMuricy elogia pressão inicial e promete lutar até o fim pelo título brasileiro

O São Paulo não deu chances para o Goiás no Morumbi, na noite da última quinta-feira (27) e venceu o rival por 3 a 0, diminuindo a distância para o líder Cruzeiro, que agora é de cinco pontos. Com um início arrasador, marcando dois gols em cinco minutos, a equipe paulista conseguiu controlar as ações da partida e administrou o gás para a maratona de jogos que tem pela frente nesta semana. Em entrevista coletiva após a importante vitória, o técnico Muricy Ramalho elogiou a pressão exercida logo nos primeiros minutos e prometeu lutar até o fim pelo título, apesar das dificuldades.

“Entramos muito ligados. Conversamos no CT antes do jogo. Tínhamos de respeitar o Goiás, mas de cara pressionar. Os jogadores realmente compraram a ideia. E nosso time quando está descansado é forte para marcar pressão”, explicou o treinador.

Muricy foi comedido ao comentar a diferença para o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Sabendo que os jogos que tem pela frente apresentam maior dificuldade do que os da Raposa, o técnico garante que ele e os seus jogadores lutarão até o fim para dar ao clube mais um título brasileiro em sua galeria.

“A vantagem é toda do Cruzeiro. Assim que se ganha esse campeonato, analisando jogos fora e dentro de casa, quem está mais próximo. A dificuldade nossa é bem maior. Mas é uma vantagem que tem seus motivos. Eles têm um time formado há um tempo. Nós estamos formando durante a competição, achando a maneira de jogar, trocando jogadores. Para ganhar título tem de melhorar algumas coisas, mas no futebol tudo pode acontecer. Vamos lutar até o final”, completou.

O time do Morumbi agora volta as suas atenções para a Copa Sul-Americana. Na próxima quinta-feira (30), o São Paulo recebe o Emelec, pelas quartas de final da competição. No fim de semana, o rival no Brasileirão será o Criciúma, em Santa Catarina.