Muricy exalta luta do time e elogia Kardec, mas desconversa: “Ainda é do Palmeiras”

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2014 08h46
Muricy elogia atuação de Pato após vitória sobre CSA

Depois uma vitória e um empate no Campeonato Brasileiro, o São Paulo ocupa a segunda posição, e Muricy Ramalho elogiou o desempenho, especialmente o espírito de luta na partida contra o Cruzeiro, mas disse que todos esperavam um jogo melhor.

O gol marcado no fim por Antônio Carlos mostrou o “espírito de luta” destacado por Muricy, que acrescentou: “Jogos assim tem que brigar até o fim. Time lutou, não desanimou, foi organizado”.

O treinador também comentou sobre o esforço de Luis Fabiano, que estava gripado e com febre, mas jogou os 90 minutos, “no sacrifício”. Segundo Muricy, houve uma conversa entre e ele e o atacante, que não quis sair, e ainda foi responsável por cavar a falta que originou o gol de empate.

Luis Fabiano acabou jogando por não ter outro substituto, embora existam informações de que o Tricolor está negociando com Alan Kardec. Muricy, que já trabalhou com o atacante no Santos, o elogiou bastante, mas não falou sobre a negociação. “Não posso falar, ele ainda é do Palmeiras, tenho que ter respeito. Mas conheço bem, ele tem um grande caráter, lado intelectual diferenciado, e é inteligente para captar o que o técnico e o time precisam”.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Coritiba, no Pacaembu, já que o Morumbi será utilizado para show da banda One Direction.