Murray se retira do Masters de Roma por causa de cansaço

  • Por Agencia EFE
  • 14/05/2015 15h30

Roma, 14 mai (EFE).- O tenista britânico Andy Murray, vencedor do Masters de Madri no domingo passado ao derrotar na final o espanhol Rafael Nadal (6-3 e 6-2), anunciou nesta quinta-feira que se retira do Masters 1.000 de Roma por causa de cansaço.

“Estou cansado demais. Embora na partida de ontem tenha me sentido bem, esta manhã no treino me senti muito cansado”, disse Murray, que deseja ter “dois dias de descanso e recuperação” para estar preparado para Roland Garros.

O britânico, terceiro no Ranking da ATP, disse que tomou a decisão há apenas 20 minutos porque “às vezes faz sentido se retirar. Não se pode correr o risco de uma lesão”.

Ele lembrou que jogou nove partidas em 12 dias e afirmou ter um “calendário difícil” pela frente.

“Não esperava fazer o que fiz nas duas últimas semanas. Foi um ano muito bom. Não quero forçar”, confidenciou o escocês, que disse propôs que “é possível” que tenha treinado demais.

“Sempre quis jogar o torneio de Roma, mas meu corpo está cansado. Preciso de um descanso”, reiterou, embora tenha assegurado não temer “lesões graves a longo prazo”. EFE