Na reserva, mas longe de lesões, lateral brasileiro espera chance no Espanyol

  • Por Agencia EFE
  • 21/02/2014 20h03

Barcelona, 21 fev (EFE).- O lateral brasileiro Felipe Mattioni, do Espanyol, disputou nesta temporada apenas dois jogos pelo Campeonato Espanhol, um pela Copa do Rei e sequer foi relacionado pelo técnico Javier Aguirre nos outros duelos do time catalão, mas vem demonstrando nos treinos um bom rendimento e espera a chance de ser enfim aproveitado em campo após praticamente ficar dois anos sem jogar.

Mattioni, de 25 anos, não se deixa abater com a reserva e um histórico de lesões que o prejudicaram nos primeiros anos defendendo a equipe. No dia a dia de treinos, se mostra entrosado com os companheiros e é amável com todos.

O lateral chegou ao Espanyol na temporada 2010-11, vindo do Mallorca. E então começou a sofrer com lesões. Sem sequer ter estreado, sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e não disputou nenhum minuto de jogo no primeiro ano.

Em agosto de 2011, teve o mesmo problema, mas no joelho direito, o que resultou em mais uma temporada sem partidas para o brasileiro. Finalmente, em novembro de 2012, ele estreou numa partida oficial pelo Espanyol.

Revelado pelo Grêmio, Felipe Mattioni jogou sete partidas na temporada 2012-13, seis pelo Campeonato Espanhol e uma pela Copa do Rei, e na atual entrou em campo três vezes. Ou seja, desde que o lateral-direito foi contratado pelo Espanyol, disputou dez jogos oficiais em quatro temporadas.

A comissão técnica garante que o jogador está em ótima forma física e sua posição de reserva se deve somente à vontade do treinador.

“Ele está em perfeitas condições, assim como os seus companheiros. É uma decisão do treinador não escalá-lo, e deve ser respeitada”, explicou o preparador físico Juan Iribarren.

Durante a janela de transferências desse meio de temporada, sua saída era uma das mais prováveis negociações do Espanyol, embora o jogador siga no clube com o qual tem contrato até 30 de junho de 2015. EFE