Nadal cai diante de Verdasco e Murray vence na Austrália; Bellucci arrasa rival

  • Por Agência Estado
  • 19/01/2016 10h29
Nadal é eliminado do Aberto da Austrália após derrota para espanhol Verdasco

O espanhol Rafael Nadal foi surpreendente eliminado já na primeira rodada do Aberto da Austrália, nesta terça-feira (19), em Melbourne. O ex-número 1 do mundo e atual quinto colocado da ATP perdeu para o seu compatriota Fernando Verdasco por 3 sets a 2, com parciais de 7/6 (8/6), 4/6, 3/6, 7/6 (7/4) e 6/2, em partida que durou 4h41min. 

Verdasco, que ainda não esqueceu a derrota sofrida para Nadal na semifinal do Grand Slam australiano em 2009, demorou sete anos para se vingar na mesma competição. A agressividade que mostrou em momentos fundamentais da partida e seu físico, superior no final, deram o triunfo ao madrilenho.

Número 45 do mundo, Verdasco comemorou a vitória apertada sobre Nadal. “É incrível ganhar de Nadal um jogo de cinco sets depois de perder por 2 sets 1”, afirmou. “Joguei um quinto set de forma incrível. Acertei todos os winners, não sei como. Eu fechava os olhos e tudo estava acontecendo.”

Essa foi apenas terceira de Verdasco em 17 jogos diante do adversário, mas o primeiro deles levou a melhor em três dos últimos quatro confrontos. Nadal, por sua vez, vive momento instável no circuito profissional e não chega a uma final de Grand Slam desde 2014.

No duelo desta terça, Nadal chegou a aproveitar seis de 16 chances de quebrar o saque de Verdasco, que só converteu cinco de 15 break points. Verdasco, porém, fez um quinto set bem melhor do que o do adversário e no foi premiado pela sua coragem Sem medo de errar, ele acumulou incríveis 90 winners e 91 erros não forçados, assim como acumulou 20 aces e dez duplas faltas com o seu saque.

Com o surpreendente triunfo obtido na estreia, Verdasco se credenciou para enfrentar na segunda rodada o israelense Dudi Sela, que abriu sua campanha derrotando o alemão Benjamin Becker por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/3, 2/6 e 6/2.

MURRAY CONFIRMA FAVORITISMO – Se Nadal caiu como favorito, Andy Murray justificou a sua condição de segundo cabeça de chave com autoridade em sua estreia no Aberto da Austrália. O britânico atropelou o alemão Alexander Zverev com parciais de 6/1, 6/2 e 6/3.

Assim, o escocês foi à segunda rodada e terá como próximo adversário o australiano 

Sam Groth, que em outro jogo do dia superou o francês Adrian Mannarino por 3 sets a 1, com 7/6 (8/6), 6/4, 3/6 e 6/3.

Para encaminhar seu triunfo de forma rápida, Murray aproveitou seis de 13 chances de quebrar o saque do atual 83º colocado da ATP, que não conseguiu converter nenhum dos seis break points cedidos pelo britânico.

BELLUCCI AVANÇA – Longe do grupo dos aspirantes ao título, Thomaz Bellucci foi outro que confirmou favoritismo em sua estreia em Melbourne nesta terça. O tenista número 1 do Brasil arrasou o australiano Jordan Thompson, convidado da organização, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/2.

O triunfo fez Bellucci se credenciar para encarar na segunda rodada o norte-americano Steve Johnson, que na estreia eliminou o britânico Aljaz Bedene com 6/3, 6/4 e 7/6 (7/3).

Hoje no 37º lugar do ranking mundial, o brasileiro não deu chances ao atual 143º da ATP nesta terça. Sem ter o seu saque ameaçado por nenhuma vez no jogo, ele ainda converteu cinco de nove break points para liquidar a partida em apenas 90 minutos.

Com 23 winners, Bellucci ainda pôde se dar ao luxo de cometer 20 erros não forçados, contra 29 de seu rival, que acumulou apenas dez bolas vencedoras no confronto.

OUTROS JOGOS – Outros dois cabeças de chave de destaque que estrearam com vitórias nesta terça foram David Ferrer e John Isner. Oitavo pré-classificado, o espanhol bateu o alemão Peter Gojowczyk por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/4 e 6/2. Já o norte-americano, décimo na lista de favoritos, passou pelo polonês Jerzy Janowicz por 6/3, 7/6 (9/7) e 6/3. 

Com o triunfo, Ferrer agora espera pela definição do vencedor do duelo entre os australianos Lleyton Hewitt e James Duckworth, programado para ser encerrado ainda nesta terça. Já Isner terá péla frente o espanhol Marcel Granollers, que na estreia eliminou o australiano Matthew Ebden com 6/2, 4/6, 6/1 e 6/4.

O canadense Milos Raonic, o espanhol Feliciano López, o português João Sousa e os franceses Gael Monfils e Jeremy Chardy foram outros cabeças de chave que abriram campanha com vitórias nesta terça. Já o sul-africano Kevin Anderson e o italiano Fabio Fognini decepcionaram como respectivos 11º e 20º pré-classificados ao caírem já em suas estreias. O primeiro deles precisou abandonar o jogo que travava com o norte-americano Rajeev Ram quando perdia a quarta parcial por 3/0 e estava em desvantagem de 2 sets a 1. Fognini, por sua vez, caiu por 3 sets a 1 diante do luxemburguês Gilles Muller em uma partida que teve quatro tie-breaks.