NBA reavalia planos e treinos não serão retomados antes de 8 de maio

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2020 21h49
EFE/EPA/NUCCIO DINUZZORetorno dos treinos deve acontecer apenas com regras rígidas, diz NBA

A NBA, que nos últimos dias planejava o retorno aos treinos, anunciou nesta segunda-feira que vai adiar a possível data de reabertura dos centros de treinamentos das equipes em ao menos uma semana, até 8 de maio. A liga avaliou que será necessário um tempo adicional para que jogadores e demais funcionários dos clubes trabalhem em condições seguras, sem risco de propagação do coronavírus.

A liberação dos treinamentos seria o primeiro passo para a retomada da temporada, paralisada desde que o pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz, testou positivo para covid-19, em 11 de março. Havia a expectativa de que o torneio fosse retomado em 1ª de maio nos estados onde as medidas de isolamento estivessem mais relaxadas.

“O objetivo dessas mudanças é permitir ambientes seguros e controlados para os jogadores treinarem em estados que permitam que eles façam isso e criar um processo para identificar opções de treinamento seguras para jogadores localizados em outros estados”, disse a NBA, em comunicado.

Ainda que as instalações sejam reabertas, isso deverá ocorrer mediante a criação de regras bastante rígidas. Geórgia e Oklahoma estão entre os estados que permitiram a reabertura de algumas empresas e a expectativa é de que algumas cidades da Flórida também relaxem suas políticas de distanciamento social nos próximos dias, mesmo que as autoridades de saúde avaliem que essas medidas estão sendo adotadas muito rapidamente.

O comissário da NBA, Adam Silver, disse em várias ocasiões que a liga não espera poder decidir até maio, no mínimo, se a retomada da competição será possível. A temporada regular terminaria em 15 de abril e os playoffs começariam no dia 18.

* Com Estadão Conteúdo