Nesta Carter estuda recorrer contra desqualificação nos Jogos de Pequim

  • Por EFE
  • 26/01/2017 13h40

Nesta Carter ao lado de Usain BoltNesta Carter ao lado de Usain Bolt

O velocista jamaicano Nesta Carter estuda recorrer junto a Corte Arbitral do Esporte (CAS) pela desqualificação nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, que acabou resultando na perda do ouro pela equipe do país no revezamento 4×100 metros rasos.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo jornal local Jamaica Gleaner, que publicou sobre uma reunião realizada na véspera entre atleta, seus advogados, além dos diretores da federação de atletismo do país.

Na última quarta-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) retirou a medalha de ouro conquistada pela Jamaica no revezamento 4×100 metros rasos em Pequim 2008, devido ao doping de Carter. Bolt, Asafa Powell e Michael Frater também formavam o time jamaicano.

Com a decisão, o Brasil deverá herdar a medalha de bronze, já que terminou a final na quarta colocação. O primeiro lugar ficaria com Trinidad e Tobago, enquanto a prata iria para a equipe japonesa.

Carter acabou punido após reanálise de amostras de urina colhidas durante os Jogos de Pequim e que seguiram armazenadas desde então, apontando a existência de traços de metilhexanamina, também conhecida como dimetilamilamina.

Ainda segundo o Jamaica Gleaner a decisão sobre o recurso por parte do atleta e dos dirigentes do país, será tomada após novo encontro com advogados, dessa vez em Londres. Os envolvidos têm 21 dias para pedir a reavaliação da decisão do COI.