Neymar, Messi e Suárez: amizade fora do campo que dá resultados dentro dele

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2015 21h28
O trio "MSN" é entrosado dentro e fora de campo. Melhor para o Barcelona

Quando o Barcelona trouxe Neymar e, posteriormente, Luis Suárez, muitos questionaram como seria a relação entre os dois craques e Lionel Messi, dono do time há muitos anos. A preocupação era se haveria uma espécie de ciúmes por parte do argentino ou uma competição de egos. Mas aconteceu bem o contrário: o trio “MSN” se entrosou aos poucos no campo e criaram uma relação de amizade fora dele.

É difícil dizer o quanto uma coisa está ligada à outra, mas é inegável que a química entre os três atacantes anda boa. Eles constantemente divulgam fotos juntos nas redes sociais (como pode ser visto na galeria acima) e fazem os defensores adversários terem pesadelos. Coincidentemente, cada um deles vem de um dos três países mais fortes do futebol sul-americano (Brasil, Argentina e Uruguai). O sangue latino também pode ter sua contribuição para essa união.

Mas vamos falar de números.

– Dos 18 gols marcados pelo Barcelona na atual Liga dos Campeões, 13 foram marcados pelo trio sul-americano, o que representa 72,2% do total (Messi fez oito, Suárez quatro e Neymar três).

– No Campeonato Espanhol, o Barça anotou, até agora, 80 gols. MSN marcou 57 deles, ou 71,25% do total. Suárez marcou oito, Neymar 17 e Messi absurdos 32 tentos em 28 jogos.

– Na Copa do Rei, cuja final o Barcelona disputará contra o Athletic Bilbao, os números do trio são um pouco menos expressivos porque o clube disputou muitos jogos com a equipe reserva. Mesmo assim, Messi fez três, Neymar seis e Suárez dois. Os três fizeram, assim, 11 dos 31 gols do time no torneio (35,4% do total).

Somando os três campeonatos, o Barcelona marcou 129 gols na temporada. Desses, 81, ou 62,39%, foram marcados pelo trio Messi, Neymar e Suárez. Isso sem contar as assistências que um dá para o outro. O uruguaio, por exemplo, ao chegar à Catalunha, demorou algumas partidas para começar a balançar as redes. Nesse meio tempo, ele se destacou por dar passes para os companheiros marcarem.

Desse jeito, fica fácil manter a amizade fora de campo.