Neymar que vale por 11 (e sobra): oferta do Manchester formaria timaço; confira

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2015 14h00
O valor oferecido pelo Manchester United faria de Neymar a transferência mais cara da história

Buscando retomar o protagonismo no futebol europeu, o Manchester United tem um alvo definido para as próximas temporadas e vai atrás dele com muita sede: trata-se do atacante Neymar. De acordo com notícias veiculadas na imprensa europeia, os Red Devils veem em Neymar a figura de um grande ídolo que pode encabeçar o projeto do clube para os próximos anos, e por isso estão dispostos a fazer o possível e o impossível pelo brasileiro.

Para contar com o atacante, o United fez uma proposta de 190 milhões de euros (R$ 760 milhões) diretamente ao Barcelona, mas recebeu uma reposta negativa. O valor astronômico faria da transação a maior da história do futebol, quase o dobro da venda de Bale ao Real Madrid em 2013 que custou 100 milhões de euros (R$ 403 milhões).

O valor que o United estaria disposto a desembolsar para contratar Neymar impressiona e certamente é visto com bons olhos dentro do Barcelona. Os quase 200 milhões certamente serviriam para montar o elenco inteiro de muitas equipes no mundo. Por isso, o Jovem Pan Online montou um time com 11 jogadores negociados ao longo desta janela de transferências na Europa e que poderiam ser comprados, de uma única vez, com o dinheiro que os Red Devils estão dispostos a gastar para ter o brasileiro.

A defesa foi montada com cerca de 82 milhões de euros; o meio campo vale 46 milhões de euros; já o ataque custa cerca de 9,4 milhões e desse modo, o time fecharia a conta em torno de 137,4 milhões de euros (R$ 566 milhões), valor abaixo do que o United pagaria por Neymar.

Confira a escalação:

Goleiro – Casilla: o Real Madrid contratou o goleiro Kiko Casilla, que defendia o Espanyol, para substituir o ídolo Casillas. Para contar com o arqueiro de 28 anos, os merengues gastaram cerca de 6 milhões de euros (R$ 20 milhões).

Lateral direito – Mariano: depois de longo período na França, o brasileiro Mariano foi contratado pelo Sevilla. Para tirar o jogador ex-Fluminense do Bordeaux, o clube espanhol desembolsou 20 milhões de euros (R$ 69 milhões).

Zagueiro – Miranda: consagrado no Atlético de Madrid, o zagueiro Miranda foi comprado pela Inter de Milão que gastou cerca de 15 milhões de euros (R$ 52 milhões).

Zagueiro – Alessio Romagnoli: reconstruindo sua equipe, o Milan contratou o zagueiro Romagnoli, ex-Roma. Para adquirir o defensor italiano, o clube rossonero pagou cerca de 25 milhões de euros (R$ 95 milhões).

Lateral esquerdo – Filipe Luis: de volta ao Atlético de Madrid após uma temporada no Chelsea, o brasileiro Filipe Luis custou cerca de 16 milhões (R$ 55 milhões) ao time de Simeone.

Volante – Paulinho: negociado pelo Tottenham com o Guangzhou Evergrande, da China, o volante Paulinho foi vendido por 11 milhões de euros (R$ 49 milhões).

Volante – Aránguiz: destaque do Internacional nos últimos anos, o chileno Aránguiz chegou ao Bayer Leverkusen custando aproximadamente 13 milhões de euros (R$ 50 milhões).

Meia – Valbuena: depois de um ano na Rússia, o meia francês Valbuena foi contratado pelo Lyon que desembolsou 5 milhões de euros (R$ 19 milhões) para buscar o baixinho.

Meia – Gerson: o meia-atacante foi comprado pela Roma, que gastará 17 milhões de euros (R$ 64 milhões) para ter a joia do Flu vestindo sua camisa a partir de janeiro.

Atacante – Eduardo Vargas: titular da seleção chilena na conquista da Copa América, o atacante Vargas foi vendido pelo Napoli para o Hoffenheim por 6 milhões de euros (R$23 milhões).

Atacante – Teo Gutierrez: pretendido pelo Corinthians, o centroavante Teo Gutierrez, titular da Colômbia na última Copa do Mundo, foi vendido pelo River Plate para o Sporting por 3,4 milhões de euros (R$ 12 milhões).