Nico Hulkenberg é punido e Felipe Massa larga da 10ª colocação no GP da China

  • Por Agência Estado
  • 16/04/2016 09h44
Felipe Massa

Prejudicado por um incidente com o alemão Nico Hulkenberg no final do Q2, a segunda parte do treino oficial de classificação para o GP da China de Fórmula 1, o brasileiro Felipe Massa não pôde fazer a sua volta rápida para se classificar ao Q1 e ficou com a 11.ª colocação. Horas depois do final da sessão deste sábado no circuito de Xangai, a direção da prova puniu o piloto da Force India com a perda de três posições e, assim, Massa sairá com sua Williams da 10.ª posição.

A punição a Hulkenberg foi dada após os comissários avaliarem que a Force India errou ao não fixar o pneu dianteiro esquerdo de forma correta. A 1 minuto e 30 segundos para o fim do Q2, o composto se soltou e a direção teve que aplicar uma bandeira vermelha, prejudicando todos os carros que tentavam uma última volta rápida, incluindo aí Felipe Massa e o compatriota Felipe Nasr, que sairá em 16.º lugar. O piloto alemão deixa a 10.ª posição para a 13.ª.

Como ficou fora do Q1, Felipe Massa pode escolher o tipo de pneu para a largada em Xangai. Ele espera levar vantagem com isso. “Não é a posição em que eu queria estar. Tive um pouco de azar com a bandeira vermelha, mas na corrida nunca se sabe. Temos de tentar fazer nosso melhor. Tomara que eu escolha os compostos certos de pneu”, afirmou o piloto da Williams.

Já Felipe Nasr, que passou por problemas nos primeiros treinos livres na sexta-feira, comemorou o fato de pela primeira vez nesta temporada ter passado do Q1. “Sinto que eu fiz uma volta muito boa, ainda que esteja sofrendo com alguns problemas nas freadas, como aconteceu nas duas primeiras corridas. Estou confiante de que a equipe vai resolver isso logo”, afirmou.