Nos EUA, Corinthians apresenta oficialmente Edílson e Mendoza como reforços

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2015 08h47
O gerente de futebol Edu Gaspar apresenta o lateral Edilson e o atacante Mendoza esta tarde no hotel onde o Corinthians esta hospedado, na cidade de Fort Lauderlale. O próximo jogo da equipe sera dia 15/01no torneio internacional, em Orlando/EUA, contra o Colonia da Alemanha. Juiz: - Sao Paulo / SP - Brasil - 08/01/2015. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansCorinthians apresenta Edílson e Stiven Mendoza nos EUA

No seu primeiro “dia útil” nos Estados Unidos, onde realiza pré-temporada, o Corinthians apresentou oficialmente dois de seus reforços: o atacante Stiven Mendoza e o lateral Edílson. A dupla foi a primeira a falar em terras estrangeiras e demonstrou otimismo em suas primeiras declarações com a camisa alvinegra.

Edílson, ex-botafoguense de 28 anos, chega após ter sido dispensado pelo clube carioca no meio da temporada em 2014. Para esquecer o ano ruim, o lateral, que vai vestir a camisa dois que foi de Alessandro, quer se inspirar no hoje atual coordenador de futebol do clube. “Claro que será um prazer vestir a camisa que era do Alessandro, um ícone dentro do Corinthians. Espero poder me inspirar e fazer um pouco do que ele fez. Já será suficiente para ajudar esse clube tão grande”, disse em entrevista coletiva concedida na noite desta quinta-feira (08).

O lateral que terá a companhia de Émerson Sheik, com quem atuou no alvinegro carioca, garantiu que o sentimento pelo Corinthians vem do passado. “Sabe aquele sonho de menino que toda criança tem? Vestir a camisa do Corinthians é isso para mim. Sou corinthiano desde pequeno e estar no Corinthians é a realização de um sonho. É o maior desafio da minha carreira e agora, com 28 anos, estou pronto para encarar isso”, decretou.

Stiven Mendoza, por sua vez, precisou dar o cartão de visitas ao torcedor corintiano que conhece pouco (ou nada) de seu futebol. “As minhas principais características são a velocidade e o drible. Quero agradecer a confiança que o Corinthians depositou em mim e agora é responder em campo, dando tudo por esta camisa e mostrando o meu futebol”, garantiu o colombiano de apenas 22 anos, que vinha atuando no futebol da Índia.

Acusado de ser frequentador assíduo da noite, Mendoza disse que deixou essa fama negativa para trás em sua carreira. “Muito feliz de chegar num momento importante, com a disputa da Libertadores. Essa fama existia, mas a experiência que ganhei nesses anos e a ajuda da minha família foram importantes. Agora estou pronto para brilhar no Corinthians”, finalizou.