Novo diretor de futebol do Palmeiras confirma saída de Lúcio e Wesley

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2015 14h31

Alexandre MattosNovo diretor de futebol do Palmeiras confirma saída de Lúcio e Wesley

Nesta quarta-feira (7), o Palmeiras deu início à preparação para a temporada de 2015 e apresentou o seu novo diretor de futebol, Alexandre Mattos, responsável por montar a equipe bicampeã brasileira do Cruzeiro. Em sua primeira coletiva na Academia de Futebol, o ex-cruzeirense confirmou as saídas de Wesley e Lúcio, que não farão parte do elenco nesta temporada.

Em seu site oficial, o clube já não colocou ambos os atletas na lista de jogadores que estão à disposição de Oswaldo de Oliveira. Mattos afirmou que o zagueiro pentacampeão do mundo quer seguir um novo projeto e que não irá contra a vontade do veterano.

“O Lúcio entende que tem de seguir um novo projeto, nova situação, peço que o atleta fale sobre isso. Temos de falar tudo o que ele representou aos clubes e à Seleção, respeitamos muito o que ele já produziu. Tem o respeito de todos. No Cruzeiro tentei contratá-lo em 2013, por tudo isso, Ele está em negociação, entendemos, respeitamos e vamos continuar assim. Será respeitado”, disse. “Sobre Wesley, é público que ele vai seguir um novo caminho, nós entendemos isso”, completou.

O novo dirigente Alviverde fez questão de elogiar o chileno Valdivia, que segundo ele se entregou para salvar a equipe do rebaixamento na última edição do Campeonato Brasileiro. Mattos garantiu que há interesse na renovação de contrato do Mago.

“Valdivia é uma referência, um exemplo aqui dentro, sabemos que mesmo com as dificuldades físicas fez questão de jogar, se sacrificando pelo clube, não gosta de perder, já vimos que ele sonha em ganhar títulos aqui dentro. Há o interesse total na renovação, ele já falou que quer ficar, precisamos ajustar isso para essa renovação importante”, confirmou.

Sem querer dar muitas pistas sobre nomes que poderão chegar para reforçar o elenco, o diretor de futebol explicou que o Palmeiras sempre irá atrás de bons jogadores, citando os nomes do zagueiro Réver e da dupla do Fluminense, Fred e Conca. O cartola ressaltou que tudo depende do “cenário favorável”.

Querendo devolver o sorriso ao rosto dos milhões de palmeirenses espalhados pelo Brasil, Mattos enfatizou que não fará o clube se adaptar a ele, mas que ele mesmo irá se adaptar à filosofia do Verdão. “Ninguém pode fazer um clube se adaptar a você, eu que vou me adaptar ao Palmeiras. Tenho convicções e ideias, que dentro da filosofia do clube serão colocadas. Temos um presidente atuante, que já mostrou seu amor pelo clube, tem uma marca de responsabilidade que está correta. O Palmeiras está à frente por essa ideia de responsabilidade, por essa gestão administrativa equilibrada. Vou me adaptar”, finalizou.