Oldair, capitão do Atlético-MG no título de 1971, morre aos 75 anos de idade

  • Por Jovem Pan
  • 01/11/2014 15h19

OldairOldair

O ex-lateral Oldair Barchi, capitão do Atlético-MG na conquista do Campeonato Brasileiro de 1971, faleceu na manhã deste sábado (1), aos 75 anos de idade. Ele vestiu a camisa do Galo entre 1968 e 1973 e marcou 61 gols em 281 partidas. No triangular final do Brasileiro de 71, ele marcou o gol de falta que garantiu a vitória do Galo sobre o São Paulo, pelo placar de 1 a 0, e encaminhou o título.

Oldair nasceu na cidade de São Paulo, no dia 1º de julho de 1939, e chegou a ser considerado o melhor jogador do Campeonato Mineiro de 1970, que também foi conquistado pelo time alvinegro. O lateral iniciou sua carreira no Palmeiras e depois teve passagens por Fluminense e Vasco antes de chegar ao Atlético-MG.

“Eu era lateral, mas jogava na frente, atrás. Joguei em todas as posições, só não joguei de goleiro. Eu era o que eles chamavam, na época, de jogador polivalente, tinha facilidade de jogar em qualquer lugar”, chegou a declarar Oldair, na época.

O lateral chegou a ir para a Seleção Brasileira em 1966 e acabou sendo dispensado por contusão.

Depois de encerrar sua carreira como jogador, em 1977, depois de atuar no Ceub, de Brasília (DF), e no extinto Esab da Cidade industrial, Oldair Barchi trabalhou em um laboratório de análises clínicas e foi vendedor de materiais de construção. Ainda passou pelo juniores do Atlético-MG, onde foi treinador, e ocupou o cargo de auxiliar administrativo na Vila Olímpica.