Osorio exalta estreia de Lyanco como titular da zaga são-paulina

  • Por Lancepress
  • 02/09/2015 22h44
Osorio destacou que o São Paulo não briga mais pelo título Brasileiro

O empate em 0 a 0 com o Joinville não trouxe apenas lamentações ao São Paulo, que sofreu com chances claras e despediçadas. Para o técnico Juan Carlos Osorio, o duelo em Santa Catarina serviu para que o garoto Lyanco, de apenas 18 anos pudesse mostrar serviço e ser elogiado em sua estreia como zagueiro e titular do Tricolor.

“Vocês que continuamente olham os treinamentos no CT (da Barra Funda) sabem que todos os dias treinamos diferentes mudanças, misturas de jogadores. E em várias oportunidades, Edson Silva e Lyanco treinaram juntos. Lembrei a eles que era só um jogo e que deviam competir como se fosse um treinamento. Lyanco fez muito bom jogo. Inverteu muitas bolas e também competiu bem no jogo aéreo”, destacou o Lorde.

A joia, contratada em janeiro após rescisão na Justiça com o Botafogo, foi promvida ao profissional em julho e havia entrado em duas partidas como volante. Em Joinville, a chance de jogar na posição de origem foi bem aproveitada por Lyanco, autor de 35 passes certos, seis lançamentos corretos e apenas uma falta cometida.

Osorio também aprovou a forma como os tricolores, paulistas e catarinenses, conduziram o jogo da noite desta quarta-feira. O treinador colombiano disse ter lembrado dos tempos em que trabalhoi no Manchester City, da Inglaterra, devido à velocidade da partida e ao número de chances criadas por cada equipe.

“Foi muito parecido com um jogo da Inglaterra. Um time tratando de trabalhar a bola, outro com futebol direto, com todo direito, e tanto eles como nós não fomos eficazes, não concluímos bem. Jogamos bem e criamos muitas situações de gol, competimos bem contra um time que tem bom futebol direto, bom jogo aéreo, e nós muitos jogadores baixos”, ponderou.