Osorio nega que esteja pensando em sair, mas critica venda de jogadores

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2015 14h24

O técnico Juan Carlos Osorio não deixou de criticar a diretoria pela saída de jogadores

Juan Carlos Osório

O São Paulo vive um momento nada agradável no Campeonato Brasileiro. O Tricolor não vence há três partidas e a queda de rendimento da equipe está preocupando os torcedores e até o técnico Juan Carlos Osorio. Em meio a boatos sobre sua saída precoce, o treinador colombiano concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (3) e, além de ter assegurado que não pensa em deixar o clube, demonstrou levemente sua insatisfação com o São Paulo.

“Muitas dúvidas (para domingo). Jogadores que possivelmente fiquem aqui, ou saiam. Não há segurança suficiente para falar do time. Amanhã (sábado) teremos outro treino e tomaremos decisões”, disse.

 “Em nenhum momento passou pela minha cabeça (sair), nem por meus auxiliares. Queremos ficar aqui no futebol brasileiro, estamos muito orgulhos de estar aqui. Temos confiança absoluta que podemos reverter a situação e que equipe vai começar a ganhar”, frisou. “Por agora não penso nisso (chance de sair). Futebol é de resultado, seguramente pelos próximos três jogos, vai dizer muito sobre nossa situação total. Mas em vez de me preocupar, me ocupa para tentar melhorar”, prosseguiu o colombiano.

Sobre a saída de jogadores, Osorio voltou a criticar o problema. Nos últimos dias, Dória, Paulo Miranda, Denilson e Souza já saíram do clube e ainda mais atletas podem dizer adeus ao Morumbi.

“Entendo a situação econômica do clube, porém também acho que nossa maior responsabilidade com elenco, com a torcida, e com todos aqueles que tenham sentimento por São Paulo é de fortalecer o time. Seguiremos, continuaremos sugerindo reforços. Se concretizam ou não, não sei”, falou. “Não me deram garantia de que não vão sair mais. Mas nunca me falaram que iriam sair três da mesma posição. Disseram que tinham propostas por vários, mas não que iriam vender cinco jogadores. Não me enganaram, mas não me disseram que poderiam vender cinco”, completou.

Osorio ainda apontou o ‘caminho’ para o São Paulo sair da crise vivida dentro da competição.

“Temos que ter muita paciência, trabalhar como sempre, para melhorar elenco. Para dar esse salto de qualidade. Os três próximos jogos marcarão muito importantes. eu sou otimista, que vamos melhorar, que clube vai cumprir a nossos jogadores, que espirito de equipe vai melhorar e voltaremos a competir da melhor maneira”, finalizou.

O São Paulo volta a entrar em campo neste domingo (5), às 16h (de Brasília), quando recebe o Fluminense, no Morumbi, e tem a chance de iniciar uma reabilitação no Brasileirão.