Ospina diz que Colômbia lutou, mas teve “uma grande seleção” pela frente

  • Por Agencia EFE
  • 27/06/2015 00h43
Ospina disputa bola com Sergio Aguero durante partida

O goleiro David Ospina, que operou pelo menos três milagres no duelo das quartas de final da Copa América desta sexta-feira entre Argentina e Colômbia, em Viña del Mar, lamentou a eliminação de seu país na disputa de pênaltis, por 5 a 4, e disse que sua equipe lutou muito, mas reconheceu que teve “uma grande seleção” como adversário.

“Lutamos, tentamos de tudo no plano tático, mas tínhamos uma grande seleção pela frente. Sabíamos da força do adversário e buscamos fazer o possível para ganhar”, afirmou o goleiro, que defende o Arsenal da Inglaterra, no final da partida.

Sobre seu desempenho durante o duelo que terminou sem gols no tempo regulamentar, Ospina preferiu dividir os elogios com seus companheiros.

“Tento dar o máximo pelo meu país, mas estou feliz com o trabalho de todos os meus companheiros, porque fizemos o possível para seguir no torneio”, disse o goleiro após a decisão.

O jogador colombiano acrescentou que a experiência de sua seleção na Copa América servirá para pensar no próximo desafio, as Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia.