Astro do UFC rouba celular, é preso e paga fiança para sair da cadeia

  • Por Jovem Pan
  • 12/03/2019 08h46 - Atualizado em 12/03/2019 08h47
Reprodução/TwitterConor está sem lutar desde outubro de 2018

Conor McGregor, um dos principais lutadores do UFC atualmente, foi preso na noite nesta segunda-feira (11), em Miami. Ele foi acusado de ter quebrado e roubado o celular de uma pessoa. Mas o irlandês ficou pouco tempo na cadeia, pois pagou fiança no valor de US$ 12 mil (cerca de R$ 46 mil).

De acordo com a acusação, Conor conseguiu tirar o celular da mão de um homem que tentou fotografá-lo saindo de uma boate. O lutador teria quebrado e levado o aparelho consigo.

O homem fez queixa e disse aos policiais que o celular estava avaliado em mil dólares. Em seguida, a polícia localizou e prendeu McGregor, levando-o para o Centro de Correção Turner Guilford Knighte.

Após o pagamento da fiança, Conor saiu da cadeia e publicou nas redes sociais: “paciência neste mundo é uma virtude. Eu continuo trabalhando. Eu amo meus queridos fãs. Obrigado a todos”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Patience in this world is a virtue I continue to work on. I love my fans dearly. Thank you all ❤️

Uma publicação compartilhada por Conor McGregor Official (@thenotoriousmma) em

Não é a primeira vez que Conor se envolve em problemas com a Justiça. Em novembro de 2017, o irlandês foi multado por um tribunal de Dublin devido ao excesso de velocidade. Já em abril do ano passado, McGregor teve que pagar uma fiança de 50 mil de dólares após envolvimento em uma briga no estacionamento interno do Barclays Center, em Brooklyn, Nova York.

Conor já foi campeão em duas categorias diferentes no UFC, mas está sem lutar desde outubro de 2018. O cartel dele tem 21 vitórias e 4 derrotas.

Com EFE