Boris Johnson busca isentar Fórmula 1 de quarentena obrigatória, diz site

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2020 09h15 - Atualizado em 26/05/2020 09h17
Divulgação / F1GP de Silverstone, na Inglaterra

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, pediu uma exceção do cumprimento das regras de quarentena obrigatória para pessoas provenientes do exterior, para os pilotos, dirigentes e demais envolvidos com o Campeonato Mundial de Fórmula 1, segundo publica nesta terça-feira o site “Autosport”.

De acordo com as normas vigentes no país, todos os viajantes que desembarcarem no território deverão passar duas semanas em isolamento, para evitar a propagação da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

As exceções recaem sobre trabalhadores de algumas atividades consideradas essenciais. Segundo a publicação, Johnson busca enquadrar a Fórmula 1 neste caso.

Boris Johnson é o atual primeiro-ministro do Reino Unido

Com três provas canceladas e a metade da temporada suspensa, a categoria estuda a possibilidade de voltar em julho. O circuito de Silverstone pode, inclusive, receber dois Grandes Prêmios nos próximos meses, de acordo com a publicação.

Inicialmente, o GP do Reino Unido estava previsto para acontecer em 19 de julho.

*Com EFE