Boxeador russo morre aos 28 anos após sofrer lesões cerebrais

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2019 13h45
Reprodução/Instagram Maxim Dadashev morreu aos 28 anos após sofrer lesões cerebrais

Maxim Dadashev, pugilista russo de 28 anos, morreu hoje após sofrer diversas pancadas em uma luta, que aconteceu na última sexta-feira (19), em Maryland (EUA). A informação foi confirmada por Buddy McGirt, técnico do boxeador.

Dadashev estava em coma induzido após perder para Subriel Matia no 11º round, em duelo válido welterweight IBF. O lutador, inclusive, deixou o ringue após seu treinador interromper a luta. Ele precisou deixar a arena de maca e saiu do vestiário vomitando.

Internado no Prince George’s Hospital Center desde sexta-feira, Dadashev sofreu várias lesões cerebrais e foi operado, mas não resistiu.

Dadashev, de São Petersburgo, na Rússia, tinha 13 vitórias e uma derrota na sua carreira de boxeador profissional.