Campeão na Basileia, Federer desiste de disputar Masters de Paris

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2019 08h41
EFEFederer desistiu de disputar o Masters de Paris

Um dia após levantar o 10º troféu do Torneio da Basileia, o suíço Roger Federer anunciou nesta segunda-feira (28) que ficará de fora do último Masters 1000 da temporada, em Paris. A competição francesa, em quadra dura e indoor, tem início nesta segunda e o último grande torneio do ano antes do ATP Finals.

“Estou extremamente decepcionado por ter que desistir do Masters de Paris”, disse Federer, antes de justificar sua ausência. “Eu preciso controlar bem o meu físico porque quero estender ao máximo a minha trajetória no circuito. Peço desculpas aos meus fãs franceses, que espero reencontrar em Roland Garros, no próximo ano.”

O tenista de 38 anos vem dosando sua participação no circuito há pelo menos três anos. Por isso, o suíço vem sendo baixa frequente no Masters de Paris. No ano passado, foi semifinalista, mas não competiu na quadra dura francesa em 2017 e 2016.

Na semana passada, ele competiu aparentemente sem dores na Basileia e, diante de sua torcida, foi campeão pela 10ª vez. Ele precisou vencer apenas quatro partidas para faturar o título porque o compatriota Stan Wawrinka desistiu do duelo das quartas de final.

Com a desistência em Paris, Federer terá maior tempo de preparação para voltar à quadra no ATP Finals, em Londres. O torneio que reúne os oito melhores da temporada terá início no dia 10 de novembro.

O sérvio Novak Djokovic, o espanhol Rafael Nadal, o russo Daniil Medvedev, o austríaco Dominic Thiem e o grego Stefanos Tsitsipas também já estão garantidos na competição. Duas vagas ainda estão em aberto.

* Com informações do Estadão Conteúdo