Celtics fecham troca com Cavs envolvendo Kyrie Irving e Isaiah Thomas

  • Por EFE
  • 23/08/2017 09h19 - Atualizado em 23/08/2017 09h47

Kyrie Irving liderou o Cleveland Cavaliers com 42 pontos

Irving foi uma das peças principais do título dos Cavs em 2016

O Boston Celtics chegou a um acordo com o Cleveland Cavaliers para a transferência de Kyrie Irving através de uma troca envolvendo o armador Isaiah Thomas, o ala Jae Crowder, o pivô croata Ante Zizic e o direito não protegido da escolha da primeira rodada do Draft 2018 do Brooklyn Nets.

Ambos os clubes já anunciaram as contratações e deram boas vindas aos seus novos reforços através das suas respectivas redes sociais.

Irving, de 25 anos, disse no mês passado ao dono da franquia dos Cavs, Dan Gilbert, que não queria continuar com a equipe e desejava uma transferência.

O armador foi claro ao manifestar que não queria continuar à sombra de LeBron James e que gostaria de jogar em uma equipe na qual pudesse ter mais protagonismo.

Irving tem um contrato de três anos e US$ 60 milhões, mas pode optar por entrar no mercado de agentes livres antes da temporada 2019/2020.

O novo jogador dos Celtics obteve médias de 25,2 pontos; 5,8 assistências e 3,2 rebotes na última temporada e foi um dos principais nomes dos Cavaliers nas Finais de 2016, quando a equipe superou o Golden State Warriors e conquistou seu primeiro título da história.

Já Thomas, de 28 anos, foi o líder indiscutível dos Celtics na última temporada, na qual mostrou seu melhor rendimento individual desde que chegou à liga no Draft de 2011, com médias de 28,9 pontos; 5,9 assistências e 2,7 rebotes.

O armador também ajudou os Celtics a conquistarem o título da Divisão do Atlântico e a fecharem a temporada regular com a melhor marca da Conferência Leste. No entanto, Thomas acabou se lesionando nos playoffs e não jogou as últimas partidas das Finais do Leste, nas quais foram derrotados pelos Cavs.

EFE