Com muitos erros, Sharapova perde e cai nas oitavas do US Open; Venus avança

  • Por Estadão Conteúdo
  • 03/09/2017 20h45 - Atualizado em 03/09/2017 20h57
Maria Sharapova perdeu para a letã Anastasija Sevastova por 2 sets a 1

Vítima dos seus próprios erros, Maria Sharapova acabou eliminada neste domingo (3) nas oitavas de final do US Open – o quarto e último Grand Slam da temporada, realizado em quadras duras em Nova York. A tenista russa foi derrotada de virada pela letã Anastasija Sevastova, 16ª cabeça de chave, por 2 sets a 1 – com parciais de 5/7, 6/4 e 6/2, em 2 horas e 16 minutos de partida.

Em seu primeiro torneio de Grand Slam após a suspensão por doping, que durou pouco mais de um ano (15 meses), Maria Sharapova cometeu 51 erros não forçados, contra 21 da adversária Com a vitória, Anastasija Sevastova enfrentará nesta terça-feira a norte-americana Sloane Stevens, pelas quartas de final. A tenista local superou a alemã Julia Goerges por 2 sets a 1 – parciais de 3/6, 6/3 e 1/6.

Sloane Stephens segue em franca recuperação no ranking mundial da WTA. A norte-americana de 24 anos, que passou 11 meses sem jogar por conta de lesão e cirurgia no pé esquerdo, foi semifinalista em Toronto (Canadá) e Cincinnati (Estados Unidos), subindo da 913.ª para a 83.ª posição. Com a campanha de momento em Nova York, já deve entrar no Top 50.

“O primeiro set foi muito disputado, poderia ter ocorrido a vitória de qualquer jogadora. Ela (Maria Sharapova) jogou muito bem, mas continuei lutando, correndo por todas as bolas”, destacou Anastasija Sevastova, ainda em quadra, logo após a vitória sobre a russa.

Venus avança

Bicampeã em 2000 e 2001, Venus Williams segue na luta pelo tri 16 anos depois. Neste domingo, a tenista norte-americana avançou às quartas de final ao derrotar a espanhola Carla Suárez Navarro, ex-Top 10 e atual 35.ª colocada, por 2 sets a 1 – com parciais de 6/3, 3/6 e 6/1, em 1 hora e 52 minutos de partida.

Nona colocada do mundo, Venus Williams comprovou que nesta temporada tem se dado melhor em jogos de Grand Slam. Das 33 vitórias que obteve em 2017, 19 foram em torneios deste nível. Tanto que foi vice-campeã de Wimbledon e do Aberto da Austrália, além de cair nas oitavas de final em Roland Garros.