Diego Hypolito revela bullying no Flamengo: “me faziam ficar pelado e pegar pilha com o ânus”

  • Por Jovem Pan
  • 30/04/2018 21h39 - Atualizado em 30/04/2018 21h46
Ricardo Bufolin/CBG Fernando de Carvalho Lopes, acusado de abuso sexual, observa apresentação de Diego Hypolito

Medalhista de prata na Olimpíada de 2016, Diego Hypolito comentou sobre o caso de abuso sexual na ginástica artística e fez novas revelações chocantes, nesta segunda-feira (30). Ele contou que sofreu bullyings traumatizantes quando começou a treinar no Flamengo, tanto de atletas mais experientes quanto de treinadores.

“Eles me faziam ficar pelado e pegar com o ânus uma pilha, colocando uma pasta de dente em cima. E, neste dia, quando aconteceu isso, eu tive ataque epilético e, depois, por ter tido o ataque epilético, eu não consegui fazer a prova toda”, contou Diego em entrevista ao Jornal Nacional.

Outro bullying pesado revelado por Diego foi quando o colocaram dentro de caixas de plinto, com a intenção de sufocá-lo, inclusive jogando magnésio dentro.

“Hoje eu tenho problema pra entrar em avião, que é fechado, elevador, que é fechado. Não consigo entrar em túnel, que eu tenho medo. São todos reflexos do que eu vivi quando eu era criança”, contou Diego.

As revelações de Diego aconteceram um dia depois de o programa Fantástico exibir uma reportagem sobre os supostos abusos de Fernando de Carvalho Lopes, técnico em São Bernardo do Campo. Como Diego fez toda formação no Flamengo, não o conhecia. Mas pediu para que os atletas denunciem esses tipos de caso daqui para frente.

“A gente precisa, para um mundo melhor, expor isso. Eu tenho certeza de que vou ser muito julgado por eu estar contando a verdade, de coisas que aconteceram comigo. Espero que, daqui pra frente, nunca mais essas coisas voltem a acontecer”.